Os nomes de lugares em rede: um estudo com foco na interdisciplinaridade

Autores

  • Karylleila Santos Andrade Universidade Federal do Tocantins

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL12-v6n1a2012-11

Palavras-chave:

Toponimia, Interdisciplinaridade, Metáfora de rede.

Resumo

O estudo toponímico apenas pode ser compreendido e apreendido a partir dos fios tecidos sob os olhares de diversos saberes. Fruto de um movimento de aglutinação de aspectos sociohistóricos, culturais, geográficos e linguísticos, os nomes de lugares revelam a origem e a dinâmica dos lugares; tornando rica a maneira pelo qual os atores sujeitos se utilizam da linguagem para imprimir no espaço uma variedade de significados. A proposta do trabalho é compreender o estudo da toponímia numa perspectiva interdisciplinar, considerando a abordagem da metáfora de rede. Para realizar essa discussão, utilizaremos como subsídios teórico-metodológicos os trabalhos de Dick (1990, 1999 e 2004) no campo da toponímia, os estudos de Fazenda (2001), (2008), (2009) e Morin (1990) no campo da interdiciplinaridade, e a teoria da metáfora de rede terá como base as referências de Alves (2001) e Azevedo (2002).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karylleila Santos Andrade, Universidade Federal do Tocantins

Graduação em Letras pela Universidade do Tocantins, Mestrado e Doutorado em Linguistica pela Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

29-06-2012

Como Citar

ANDRADE, K. S. Os nomes de lugares em rede: um estudo com foco na interdisciplinaridade. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 205–225, 2012. DOI: 10.14393/DL12-v6n1a2012-11. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/14557. Acesso em: 28 maio. 2022.