Alguns indícios sincrônicos da gramaticalização do conector "por causa (de) que"

Autores

  • Fabrício da Silva Amorim Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL9-v5n1a2011-23

Palavras-chave:

Gramaticalização, Conectores, Causalidade

Resumo

No português atual, a emergência da locução conjuntiva por causa (de) que representa um caso prototípico de gramaticalização. Paiva e Braga (2006) mostram que essa locução origina-se da locução prepositiva por causa de. Este artigo pretende atestar, a partir da análise de amostras de fala do português rural, a gramaticalização desse conector com base nos princípios propostos por Hopper (1991). Objetiva-se, ainda, comparar os resultados obtidos com os do trabalho supracitado, a fim de fornecer mais evidências que corroborem algumas hipóteses já aventadas a respeito da gramaticalização da locução por causa (de) que.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício da Silva Amorim, Universidade Federal da Bahia

Pós-Graduação em Língua e Cultura/UFBA

 

Downloads

Publicado

18.07.2011

Como Citar

AMORIM, F. da S. Alguns indícios sincrônicos da gramaticalização do conector "por causa (de) que". Domínios de Lingu@gem, Uberlândia, v. 5, n. 1, p. 361–380, 2011. DOI: 10.14393/DL9-v5n1a2011-23. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/12451. Acesso em: 6 dez. 2022.