O professor de línguas e as correções de erros

Autores

  • Ubiratan da Silva Meireles UNIMONTES
  • Daniela de Azevedo Ferreira UNIMONTES

Palavras-chave:

Crenças, erros, correções, efeitos

Resumo

Este artigo é resultado de questionamentos sobre os efeitos das correções de erros no processo de aprendizagem de uma língua e o sistema de crenças de professores de línguas, incluindo-se os professores de português. Grande parte das correções feitas em sala de aula não resultou na aprendizagem pretendida. A maioria dos professores pesquisados acredita, de maneira inquestionável, na eficácia das correções, considerando-as parte indissociável do processo de ensino/aprendizagem de uma língua, revelando, no entanto, que tais correções são completamente assistemáticas em sua prática escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ubiratan da Silva Meireles, UNIMONTES

Professor Mestre em Linguística Aplicada do Departamento de Comunicação e Letras da Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes.

Daniela de Azevedo Ferreira, UNIMONTES

Professora Especialista do Departamento de Comunicação e Letras da Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes.

Downloads

Publicado

04-02-2011

Como Citar

MEIRELES, U. da S.; FERREIRA, D. de A. O professor de línguas e as correções de erros. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 49–70, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/11537. Acesso em: 8 ago. 2022.