A (in)existência de abordagem e representação do negro no livro didático de português

Autores

  • Sílvio Ribeiro da Silva UFG

Palavras-chave:

Relações étnico-raciais, Livro didático de Português, Ensino de língua materna

Resumo

Neste artigo, apresento uma análise da abordagem e representação do negro no livro didático de Língua Portuguesa (LDP). O principal objetivo é discutir como se dá a inclusão da temática étnico-racial no LDP, observando se a representação do negro é feita ou não de maneira estereotipada e preconceituosa. A análise do tipo apreciativo-valorativa incidiu sobre a forma como uma coleção de LDP aborda e representa o negro na divisão temática dos capítulos/unidades, na forma como são propostas as atividades relacionadas aos textos (orais e escritos) e, ainda, nas ilustrações e imagens. Tudo isso possibilitou identificar a existência ou não de uma abordagem e de uma representação que possibilitem aproximações da noção de igualdade quanto aos direitos, quanto à dignidade e que embasem a valorização da diversidade étnico-racial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sílvio Ribeiro da Silva, UFG

Doutor em Linguística Aplicada. Professor Adjunto I – Universidade Federal de Goiás – Campus Jataí

Downloads

Publicado

04-02-2011

Como Citar

SILVA, S. R. da. A (in)existência de abordagem e representação do negro no livro didático de português. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 19–32, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/11535. Acesso em: 21 maio. 2022.