Teorias de aquisição/aprendizagem da língua(gem) relacionadas ao ensino de língua inglesa

Autores

  • Victor Renato Raulino Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE
  • Beatriz Caroline Meyer Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE
  • Marly Krüger de Pesce Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE

DOI:

https://doi.org/10.14393/AM-v18n1-2021-58460

Palavras-chave:

Língua Inglesa; Aquisição da linguagem; Aprendizagem de línguas; Metodologias de ensino

Resumo

Este artigo tem por objetivo investigar em que medida professores de Língua Inglesa utilizam metodologias de ensino que se fundamentam em teorias de aquisição/aprendizagem da língua(gem). Nesse sentido, foram utilizadas diferentes teorias que tratam da temática, desde abordagens comunicativas e mais naturalizadas, até abordagens mais tradicionais e mecânicas. Foram abordados alguns aspectos das teorias de autores como Vygotsky, Chomsky, Piaget, Skinner e Saussure. A pesquisa realizada foi um exercício pedagógico da disciplina de Introdução à Linguística Aplicada do curso de licenciatura em Letras dos pesquisadores.  Foi utilizado um questionário para a coleta dos dados na plataforma Google Forms, que foi disponibilizado   para   professores   de   Língua Inglesa. Responderam ao questionário 16 professores atuantes em diferentes redes de ensino. A análise dos dados indicou que a maioria dos respondentes faz uso, principalmente, de atividades e estratégias de ensino que se baseiam na Teoria Histórico-Cultural, buscando utilizar uma metodologia comunicativa em suas aulas. Em algumas respostas, também se destacaram o Cognitivismo e o Gerativismo. Contudo, constatou-se que a prática dos professores pode ser relacionada a diferentes teorias, dependendo das atividades que eles utilizam em suas aulas, dos objetivos por eles propostos e das estratégias de ensino que melhor aplicam-se em sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

25.04.2021