O texto dramático em sala de aula sob o viés do método performático

uma proposta de leitura literária a partir da obra Maria roupa de palha, de Lourdes Ramalho

Autores

  • Rian Lucas da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB)

DOI:

https://doi.org/10.14393/AM-v18n2-2021-63338

Palavras-chave:

Ensino de literatura, Texto dramático, Proposta de leitura, Método Performático

Resumo

Trabalhar, em sala de aula, com adaptações de obras clássicas parece ser um caminho benéfico para a formação inicial de sujeitos que ainda não possuem o hábito de leitura. Em virtude disso, o presente artigo objetiva apresentar uma proposta de leitura, por intermédio do texto dramático infantil Maria Roupa de Palha (2008) – uma adaptação do conto de fadas clássico Cinderela – dos Irmãos Grimm, da escritora paraibana Lourdes Ramalho, com base na abordagem do Método Performático enquanto instrumento para se ler o texto dramatúrgico. A problemática encontrada para a realização deste estudo deu-se devido à necessidade de se levar à sala de aula gêneros não tão comuns e conhecidos por parte de alunos e professores, como o dramático, que há, ainda, um ideal de que se trata de um texto somente com função para encenar e não para lê-lo. Para a realização deste trabalho, utilizou-se de pesquisa qualitativa de cunho bibliográfico, com base em alguns autores como Arroyo (1990), Formiga (2009), Kefalás (2012), Oliveira (2010), Lúcio (2005) e alguns outros. Espera-se, como resultados, que a proposta de leitura aqui apresentada contribua para as discussões referentes à leitura de textos dramáticos em sala de aula, de modo a formar leitores críticos e reflexivos de obras integrais, sem que se precise recorrer a resumos nem a paráfrases de textos da obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rian Lucas da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB)

Atualmente, é discente no curso de Licenciatura em Letras com habilitação em Língua Portuguesa pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). Desenvolve pesquisas na área da Literatura Brasileira com temáticas voltadas ao estudo de gênero, identidades, diversidades e de sexualidade, bem como questões que envolvem o feminismo, o homoerotismo, entre outras. Na Linguística, debruça-se sobre a Análise de Discurso Crítica, pesquisando a forma como a mídia representa as crianças. Fez parte do PIBIC-EaD, com o projeto de pesquisa intitulado: Leitura subjetiva na formação docente: constituição de laços afetivos com o texto literário, pelo IFPB. Atualmente, é bolsista do PIDITEC-EaD, com o projeto de pesquisa intitulado: o ensino de Literatura pelas redes do universo digital: alternativas (e soluções?) para os processos educativos na atualidade, pelo IFPB. É membro, também, do grupo de pesquisa do CNPq (LiDiMe) - Linguagem, Discurso, Mídia e Educação, pela Universidade Federal do Maranhão. Além disso, é escritor de textos (poemas, contos e crônicas) dentre os quais alguns já foram, inclusive, publicados em revistas (Ecos da palavra e LiteraLivre).

Referências

ARROYO, Leonardo. Literatura Infantil brasileira. São Paulo: Melhoramentos, 1990.

ARRUDA, A et al. Performatizando a leitura do texto dramático infantil: uma proposta em sala de aula. Revista Leia Escola, Campina Grande, v. 19, n. 2, 2019.

BITTENCOURT, Circe. Editores e autores de compêndio e livros de leitura (1810-1910). Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 30, n. 3, p. 475-491, set./dez. 2004.

COELHO, Nelly Novaes. Dicionário crítico da literatura infantil e juvenil brasileira. 2. ed. São Paulo: Quíron; Brasília: INL, 1984.

FEIJÓ, Mário. O prazer da leitura: como a adaptação de clássicos ajuda a formar leitores. São Paulo: Ática, 2010.

FORMIGA, Girlene Marques. Adaptação de clássicos literários: uma história de leitura no Brasil. Tese (Doutorado em Letras) – UFPB, João Pessoa, 2009.

FORMIGA. Girlene Marques. As várias formas de ler clássicos: uma proposta com as adaptações. In: BARBOSA, Socorro de Fátima Pacífico (Org.). Ensinar Literatura através de projetos didáticos e de temas caracterizadores. João Pessoa: Editora UFPB, 2011.

KEFALÁS, Eliana. Corpo a corpo com o texto na formação do leitor literário. Campinas: Autores Associados, 2012.

LÚCIO, A. C. M. Teatro infantil e Cultura popular. Campina Grande: Bagagem, 2005.

MACHADO, Ana Maria. Como e por que ler os clássicos universais desde cedo. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.

OLIVEIRA, Eliana Kefalás. Leitura, voz e performance no ensino de literatura. Signótica, Goiânia, v. 22, n. 2, p. 277-307, jul./dez. 2010.

RAMALHO, M. de L. N. Maria Roupa de palha. In: Maria Roupa de palha e outros textos para crianças. Maria de Lourdes Nunes Ramalho. Organização e Introdução: Valéria Andrade e Ana Cristina Marinho Lúcio. Campina Grande: Editora Bagagem, 2008.

Downloads

Publicado

28.12.2021