Programas de Formação de Professores Alfabetizadores: do PROFA à Política Nacional de Alfabetização – PNA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-60397

Palavras-chave:

Políticas Públicas de Alfabetização, PROFA, Pró-letramento, PNAIC, PNA

Resumo

O objetivo deste estudo é discutir a respeito das concepções teóricas e dos discursos sobre alfabetização presentes nas políticas públicas ofertadas pelo Ministério da Educação nos últimos vinte anos para formação de professores alfabetizadores: PROFA, Pró-Letramento, PNAIC e PNA. Desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa do tipo documental, apoiando-se na investigação de documentos balizadores desses programas. A investigação teve como base teórica os estudos sobre alfabetização e letramento. Constatou-se que PROFA, Pró-Letramento e PNAIC utilizam discursos muito próximos de alfabetização, tendo suas práticas fundamentadas no paradigma construtivista, do letramento e na consciência fonológica, enquanto a PNA, vem desconstruindo esse discurso, pois defende a instrução fônica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Liziana Arâmbula Teixeira, Universidade Federal da Grande Dourados - Brasil

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD, 2021).  

Thaise da Silva, Universidade Federal da Grande Dourados - Brasil

Pós-doutorado em Educação pala Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS, 2017), doutorado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 2012), mestrado em Educação (UFRGS, 2008), Professora permanente do Programa de Pós-graduação em Educação da UFGD e professora adjunta da área de Currículo da mesma instituição.

Referências

BRASIL. Portaria Nº 867, de 4 de julho de 2012b. Brasília: 2012. Institui o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. 2012b. Diário Oficial da União, 05.06. 2012. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=11125-05072012-portaria-867&category_slug=junho-2012-pdf&Itemid=30192. Acesso: 09 jun. 2020.

BRASIL. Decreto nº 9.765 de 11 de abril de 2019a. Institui a Política Nacional de Alfabetização. 2019a. Diário Oficial da União, 11 abr. 2019. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/Decreto/D9765.htm. Acesso: 09 jun. 2020.

COELHO, S. M. A Alfabetização na Perspectiva Histórico-Cultural. In: Universidade Estadual Paulista Prograd – Caderno de Formação. Formação de professores didáticas dos conteúdos. São Paulo, Cultura Acadêmica, 2011. p.58-71.

FERREIRO, E.; TEBEROSKY, A. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artes Médicas, 1985.

MORAES, R. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual

discursiva. Ciência & Educação: Bauru, SP, v. 9, n. 2, p. 191-210, 2003. DOI: https://doi.org/10.1590/s1516-73132003000200004.

MORAIS, A. G. de; LEITE, T. M. S. B. R. A escrita alfabética: por que ela é um sistema notacional e não um código? Como as crianças dela se apropriam? In: BRASIL, Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: a aprendizagem do sistema de escrita alfabética, Ano 1, unidade 3, Brasília: MEC, SEB, 2012.

MOREIRA, J. A. da S.; SAITO, H. T. I. Da erradicação do analfabetismo ao compromisso de alfabetizar na idade certa: Rumo a uma política nacional para alfabetização escolar? Revista Teoria e Prática da Educação, v.16, n.3, p.55-64, set./dez., 2013. DOI: https://doi.org/10.4025/tpe.v23i1.51194.

MORTATTI, M. do R. L. Alfabetização no Brasil: conjecturas sobre as relações entre políticas públicas e seus sujeitos privados. Revista Brasileira de Educação, v.15, n.44, p.329-410, 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/s1413-24782010000200009.

MORTATTI, M. do R. L . Brasil, 2091: notas sobre a “Política Nacional de Alfabetização’’. Revista Olhares, v.7, n.3, p.17-51, 2019.

SILVA, T. Os “novos” discursos sobre alfabetização em análise: os livros de 1º ano do ensino fundamental de nove anos do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD 2010). 2012. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

SOARES, M. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2018.

TEIXEIRA, E. C. O papel das Políticas Públicas no desenvolvimento local e na transformação da realidade. Revista AATR, 2002. Disponível em: http://www.dhnet.org.br/dados/cursos/aatr2/a_pdf/03_aatr_pp_papel.pdf. Acesso em: 24 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2021-07-21

Como Citar

Teixeira, L. A. ., & Silva, T. da . (2021). Programas de Formação de Professores Alfabetizadores: do PROFA à Política Nacional de Alfabetização – PNA. Revista Educação E Políticas Em Debate, 10(2), 665–679. https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-60397

Edição

Seção

Dossiê Diálogos sobre alfabetização: das políticas públicas ao cotidiano escolar