Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • O arquivo da submissão está em formato de documento eletrônico do Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Submissões.
  • O(a) autor(a) aceita, caso o artigo seja aprovado, enviar juntamente com a versão final revisada do artigo, o texto integral traduzido para o inglês para a publicação bilíngue. No caso de originais redigidos em inglês, espanhol e francês, a tradução integral do texto será em português.
  • Caso tenha, os URL das referências foram informados
  • O(a) autor(a), caso o artigo seja aprovado, deverá enviar o documento de cessão de direitos autorais, a declaração de autoria e de revisão assinado por todos o(a)(s) autor(a)(es).

Diretrizes para Autores

  1. A revista publica quadrimestralmente manuscritos nas seções de artigos, ensaios teóricos, resenhas, entrevistas, resumos de dissertações e teses, traduções, relatos de experiência e documentos de entidades. 
  1. As submissões e as publicações são gratuitas, estando estas últimas condicionadas à aprovação* por pareceristas e ao cumprimento de recomendações que porventura sejam indicadas.

* Os textos enviados às seções da revista são avaliados Quanto à Forma e à Política de Plagio e Quanto ao Mérito. Ver sobre em: PROCESSO DE AVALIAÇÃO POR PARES - http://www.seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/about

  1. O manuscrito submetido à avaliação deve atender às seguintes diretrizes: 

a) estar em conformidade com o foco e escopo da revista;

b) ser resultado de pesquisas ou estudos teóricos ou debates polêmicos ou experiências vinculadas ao campo das políticas educacionais;

c) ter número máximo de 4 (quatro) autor(a)(es) e coautor(a)(es), sendo que pelo menos um(a) dele(a)(es) deve ter titulação de Doutor(a);

d) Obedecer ao interstício mínimo de um ano entre a publicação de um e outro manuscrito por um(a) mesmo(a) autor(a) ou coautor(a) na Revista;

e) primar pelo rigor, clareza e densidade argumentativa;

f) estar de acordo com os templates/modelos das seções da revista.

  1. O artigo deve ser mantido por um dos(as) autor(as) na página da revista: http://www.seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/about/submissions
  2. Tendo em vista a questão da endogenia, será permitido publicação de no máximo, um artigo por número da Revista, de autor(a) vinculado(a) à Universidade Federal de Uberlândia (UFU). 

5.1. Diante da submissão e aprovação de mais de um artigo, serão admitidos os seguintes critérios para definir a escala de publicação, nesta ordem:

a-Prioridade para um(a) dos(as) organizadores(as) do dossiê, caso seja vinculado(a) à UFU.

b-Maior prazo da última publicação do(a) autor(a) na Revista;

c-Ordem progressiva dos dados da submissão.

  1. O texto deve ser encaminhado com a realização prévia de revisão ortográfica e gramatical e orientado às seguintes normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): 

ABNT NBR 6022:2018 - Informação e documentação - Artigo em publicação periódica técnica e/ou científica - Apresentação

ABNT NBR 6028:2021 - Informação e documentação - Resumo – Apresentação

ABNT NBR 10520:2023 - Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação

ABNT NBR 6023:2018 - Informação e documentação - Referências - Elaboração

ABNT NBR 6024:2012  -Informação e documentação - Numeração progressiva das seções de um documento – Apresentação

  1. Não serão aceitos trabalhos encaminhados concomitantemente para mais de uma revista. Artigos publicados em outros países e de herança para o contexto educacional brasileiro poderão ser traduzidos e publicados a partir de indicação do Comitê Editorial. 
  1. Na submissão solicita-se o envio de DOIS arquivos do artigo:

1- “ Versão com identificação” de todos(as) os(as) autores(as), atendendo à ordem de autoria e coautoria, com os respectivos dados de identificação em nota de rodapé (ver template): titulação maior; vínculo institucional atual por extenso, cidade na qual a instituição está localizada, estado, país, e-mail; endereço de currículo na Plataforma Lattes; ORCID. Esta versão será considerada pela equipe editorial na 1ª fase de avaliação.

2- “ Versão sem identificação ” dos(as) autores(as), que serão avaliados pelos(as) pareceristas ad hoc garantindo, assim, a política de anonimato. Recomenda-se suprimir todos os dados que podem identificar a autoria desta versão. 

  1. A Revista aceita submissões de texto em português, espanhol, francês ou inglês. 
  1. O(a)(s) autor(a)(s) do artigo aprovado para publicação, deverá enviar a versão integral do texto traduzido para o inglês, para a publicação bilíngue. No caso de originais redigidos em inglês, espanhol ou francês , a versão integral do texto traduzido em português. 
  1. Formatação : o manuscrito deve estar no formato de arquivo eletrônico do Microsoft Word, OpenOffice ou RTF, escrito em fonte Bell MT, tamanho 12, com espaçamento entre linhas de 1,5, justificado em folha no formato A4. Margens superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm. Observar Formatação específica para:

        a – Artigo/Ensaio Teórico/Relato de Experiência

        b – Resenha/Resumo de Teses e Dissertações

        c – Entrevista

 

a) Orientações para Artigo, Ensaio Teórico e Relato de Experiência

 (Template-Portugues)        -          (Template - English

Os manuscritos para esta seção devem conter entre 15 e 20 páginas , incluídos como referências. Sugere-se que na Introdução constem o tema; a delimitação do assunto estudado; a justificativa da escolha do tema; o problema e o objetivo geral do estudo. Deve-se, também, apresentar, de forma sucinta, a metodologia e a síntese dos resultados.

Resumo e palavras-chave do manuscrito: devem ser escritas em fonte Bell MT, tamanho 12, com espaçamento entre linhas simples; o texto deve ser justificado, sem recuo de parágrafo. Deve possuir entre 100 a 250 palavras, com as indicações “Resumo” e “Palavras-chave” em negrito. Devem ser listadas no mínimo três (3) e no máximo cinco (5) palavras-chave. As palavras-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão Palavras-chave, seguida de dois-pontos, separadas entre si por ponto e vírgula e finalizadas por ponto. Devem ser grafadas com as iniciais em letra minúscula, com exceção dos substantivos próprios e nomes científicos.É recomendável que elas identifiquem o conteúdo do manuscrito e, sempre que possível, que sejam pesquisadas no Thesauro em educação. 

O resumo do artigo redigido em português deve conter título, resumo e palavras-chave traduzidas para o inglês e para o espanhol . No caso de artigos redigidos em inglês, francês e espanhol, o título, resumo e palavras-chave devem ser traduzidos também para o português.

 

b) Orientações para Resenha/Resumo de Teses e Dissertações - (Baixar Template

Aceitam-se resenhas de obras clássicas e contemporâneas, bem como de teses de doutorado. A resenha deve ter de 5 a 8 páginas , apresentar uma descrição do conteúdo da obra ou do trabalho, elucidando os principais pressupostos e fundamentos teórico-metodológicos do texto original; também, deve conter o posicionamento do resenhista diante das contribuições teóricas e sociais do estudo relatado, além de possíveis apreciações de outras naturezas e críticas ao enfoque sustentado pelo(a)(s) autor(a)(es) do trabalho original. Em caso de resumo de tese, o modelo de template é o mesmo, não sendo necessário a apresentação de capa.

 

c)- Orientações para Entrevista - (Baixar Template) 

A entrevista deve conter de 8 a 15 páginas . Sugere-se que se iniciem com uma breve introdução, em que se apresente o(a) entrevistado(a), indicando-se os principais objetivos pelos quais foi realizada a entrevista, além do local e da data de sua realização.

 

  1. 12. ILUSTRAÇÕES (ABNT NBR14724/2011) – Qualquer que seja o tipo de ilustração, a identificação deve aparecer na parte superior, precedida pela sua designação (desenho, esquema, gráfico, quadro, fotografia, imagem, figura, entre outras), número de ordem (algarismos arábicos), travessão e título. Deve ser inserida próxima ao trecho que faz referência a ela. Título e fonte da ilustração devem estar alinhados à margem esquerda da ilustração. Na parte inferior, deve constar a fonte (mesmo que seja produção do(a)(s) próprio(a)(s) autor(a)(es)), legenda e notas. A fonte deve ser informada no formato de citação, tamanho da fonte 11, se for o caso, com a referência completa mencionada na lista de referências.

    13. CITAÇÕES (ABNT NBR10520/2023) – As citações devem obedecer à forma (Sobrenome do Autor, ano) para citações indiretas ou (Sobrenome do Autor, ano, p. xx) para citações diretas. Diferentes títulos do mesmo autor, se publicados no mesmo ano, deverão ser diferenciados adicionando-se uma letra depois da data (Sobrenome do Autor, ano a, p. xx) e de forma idêntica nas referências. Cada citação deve corresponder a uma referência completa na lista de referências ao final do trabalho.

    14. NOTAS DE RODAPÉ – Estas devem ser restritas a notas explicativas, apresentadas ao final das páginas, redigidas em fonte Bell MT, tamanho 10, espaçamento entre linhas simples, com alinhamento justificado. Sugerem-se textos sucintos (de no máximo 500 caracteres, considerando-se os espaços). No caso de mais de uma nota na mesma página, ela aparece na sequência, sem recuo e sem espaço entre elas.

    15. RECOMENDAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DAS REFERÊNCIAS DE ACORDO COM A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT

    As referências devem ser ordenadas alfabeticamente (ABNT NBR 6023/2018, itens 6.3 e 6.7). Devem ainda ser organizadas em espaço simples entre linhas, alinhadas à margem esquerda da página e separadas entre si por uma linha em branco de espaço simples. Devem ser ordenadas em uma única lista, padronizadas quanto ao recurso tipográfico utilizado para destacar o título* e serem uniformes em todas as referências quanto à indicação de outro(s) sobrenome(s) e do prenome** (abreviados ou não) dos autores.

    *Obs. 1: No caso da REPOD, solicitamos destacar o título das referências em itálico.
    **Obs. 2: No caso da REPOD, solicitamos padronizar os prenomes e outros sobrenomes de modo abreviado.
    Seguem exemplos de referências:

    Um autor

    Indica(m)-se o(s) autor(es) pelo último sobrenome, em letras maiúsculas, seguido(s) do(s) prenome(s) e outro(s) sobrenome(s), abreviados ou não, desde que mantenha o padrão em todas as referências.

    Exemplo:
    QUEIRÓZ, E. O crime do Padre Amaro. 25. ed. Rio de Janeiro: Ediouro, 2000.

    Dois ou três autores

    Quando houver dois ou três autores, os nomes devem ser separados por ponto-e-vírgula, seguido de espaço.

    Exemplo (artigo de revista)

    ADES, L.; KERBAUY, R. R. Obesidade: realidade e indignações. Psicologia USP, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 197-216, 2002.

    Mais de três autores

    Quando houver 4 ou mais autores, a ABNT NBR 6023 orienta mencionar todos, porém, permite que se indique apenas o primeiro autor seguido da expressão et al. (e outros)

    Exemplos

    SOUZA, M. I. F. et al. Autoria na web 2.0 no contexto da educação e a ética dos hackers. Educação temática digital, Campinas, v. 12, n. especial, p. 154-173, mar. 2011. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/64497/1/autoria.pdf. Acesso em: 15 jan. 2019.

    SOUZA, M. I. F.; AMARAL, S. F.; SILVA, L. O.; ARAÚJO, I. C. Autoria na web 2.0 no contexto da educação e a ética dos hackers. Educação temática digital, Campinas, v. 12, n. especial, p. 154-173, mar. 2011. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/64497/1/autoria.pdf. Acesso em: 15 jan. 2019.

    Responsabilidade intelectual diferente de autor

    Quando houver indicação explícita de responsabilidade pelo conjunto da obra em coletâneas de vários autores, a entrada deve ser feita pelo nome do responsável, seguida pela abreviatura singular do tipo de participação (organizador, coordenador, editor, etc.), entre parênteses.

    Exemplo

    BARTUCCI, G. (org.). Psicanálise, literatura e estéticas de subjetivação. Rio de Janeiro: Imago, 2001.

    OLIVEIRA, V. B.; BOSSA, N. A. (org.). Avaliação psicopedagógica da criança de sete a onze anos. Petrópolis: Vozes, 1996.

    BLUM, Renato Opice (coord.). Direito eletrônico: a internet e os tribunais. Bauru: Edipro, 2001.

    Autoria cooperativa (Pessoa jurídica)

    As obras de responsabilidade de entidades coletivas (órgãos governamentais, empresas, associações, congressos, seminários, etc.) têm entrada pelo seu próprio nome por extenso, em caixa alta, considerando-se a subordinação hierárquica quando houver.
    Exemplo

    ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6023: informação e documentação: referência: elaboração. Rio de Janeiro: ABNT, 2000.

    Livro no todo (folheto ou trabalho acadêmico)

    Inclui livro e/ou folheto (manual, guia, catálogo, enciclopédia, dicionário, entre outros) e/ou trabalho acadêmico (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso, entre outros).

    Exemplo

    AZEVEDO, M. A.; GUERRA, V. N. A. Mania de bater: a punição corporal doméstica de crianças e adolescentes no Brasil. São Paulo: Iglu, 2001.

    Capítulo de livro

    SOBRENOME do autor, Prenome abreviado ou não do autor do capítulo. Título do capítulo: subtítulo (se houver) In: AUTOR DO LIVRO (tipo de participação do autor na obra, org., ed., comp., coord. etc. se houver). Título do livro: subtítulo do livro (se houver). Local de publicação: Editora, data de publicação. paginação referente ao capítulo.

    Exemplo

    BANKS-LEITE, L. As questões lingüísticas na obra de Piaget: apontamentos para uma reflexão crítica. In: BANKS-LEITE, L. (org.). Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 207-223.

    Obs.: O destaque é para o título do livro, e não para o título do capítulo.

    Dissertação ou Tese

    SOBRENOME do autor, Prenome abreviado ou não. Título: subtítulo (se houver). Ano de depósito. Tese (Doutorado) ou Dissertação (Mestrado) - Instituição onde a Tese ou Dissertação foi defendida, local e data de defesa. Descrição física do suporte.

    Exemplo

    FANTUCCI, I. Contribuição do alerta, da atenção, da intenção e da expectativa temporal para o desempenho de humanos em tarefas de tempo de reação. 2001. Tese (Doutorado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

    Artigo e/ou matéria de periódico

    SOBRENOME, Prenome abreviado ou não. Título: subtítulo (se houver). Nome do periódico, Local de publicação, volume, número ou fascículo, paginação inicial e final, data de publicação do periódico (mês abreviado).
    Obs.: O destaque é para o nome da revista.

    Exemplo

    SANTEIRO, T. V. Criatividade em psicanálise: produção científica internacional (1996-1998). Psicologia: teoria e prática, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 43-59, jul./dez. 2000.

    Fascículo, suplemento e outros

    Título com entrada em caixa alta: subtítulo (se houver). Local de publicação: editora, numeração do ano e/ou volume, numeração do fascículo, informações de períodos e datas de sua publicação.

    Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.

    Exemplo


    REVISTA TRIMENSAL DO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRAPHICO BRAZILEIRO. Rio de Janeiro: Companhia Typographica do Brazil, t. 64, pt. 1, 1901.

    Artigo de jornal

    SOBRENOME, Prenome abreviado ou não. Título: subtítulo (se houver). Nome do jornal, local de publicação, numeração do ano e/ou volume, número (se houver), data de publicação do jornal (mês abreviado, exceto maio), seção, caderno ou parte do jornal e a paginação correspondente. Não havendo seção, caderno ou parte, a paginação do artigo ou matéria precede a data

    Obs.: O destaque é para o nome do jornal.

    Exemplo

    ADES, C. Os animais também pensam: e têm consciência. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 4D, 15 abr. 2001.

    Artigo em vias de publicação (No prelo)

    SOBRENOME, Prenome(s) abreviado ou não. Título: subtítulo (se houver). Nome da publicação, local, indicação de volume e número se houver, data. No prelo.

    Exemplo

    SAMPAIO, M. I. C.; PEIXOTO, M. L. Periódicos brasileiros de psicologia indexados nas bases de dados LILACS e PsycInfo. Boletim de Psicologia, São Paulo, [2000?]. No prelo.

    Entrevista/Depoimento (em periódico)

    SOBRENOME, Prenome do entrevistado abreviado ou não. Título da matéria: subtítulo (se houver) do artigo ou depoimento. [Entrevista cedida a] Nome do entrevistador. Título da revista, local de publicação, volume, número, página inicial e final, data.
    Exemplo

    FARENZENA, N. Os desafios do financiamento da educação básica no contexto do novo Fundeb. [Entrevista concedida a] Magna França e Lucia de Fatima Valente. Revista Educação e Políticas em Debate, Uberlândia, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 20-28, jan./abr. 2021. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/59868. Acesso em: 13 jul. 2021. DOI: https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n1a2021-59868.

    Trabalho publicado em Anais de Congresso

    SOBRENOME, Prenome abreviado ou não. Título do trabalho: subtítulo (se houver). In: NOME DO EVENTO, número., ano, local de realização do evento. Anais [...]. Local de publicação dos anais: Editora, ano. paginação.

    Exemplo

    SILVA, M. V.; RICHTER, L. M. Carreira docente e formação de profissionais da educação básica no Brasil: o papel da Sociedade Civil nas conquistas legais e os desafios atuais. In: ENCONTRO REDESTRADO BRASIL: autonomia do trabalho docente: caminhos para sua organização político-pedagógica, 10., 2019, Recife. Anais [...]. Recife: Rede Estrado, 2019. p. 1-17.

    Documentos publicados em meio eletrônico

    Deve-se seguir o padrão para referência do documento específico de forma impressa, acrescentando-se o suporte ou endereço eletrônico, e este último seguido da data de acesso e do Digital Object Identifier System (DOI).

    Obs.: Incluir o DOI de todos os documentos eletrônicos que o possuem. (A consulta pode ser feita em: https://search.crossref.org/references). Necessário estar atento para identificar corretamente o arquivo, caso tenha DOI.

    Artigo publicado em periódico eletrônico

    CORRÊA, F., CARVALHO, F. A. F. A descentralização financeira dos recursos públicos para a Educação Básica e a Política de Fundos. Revista Educação e Políticas Em Debate, Uberlândia, v. 10, n. 1, p. 84-99. 2021. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/57792. Acesso em: 13 jul. 2021. DOI: https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n1a2021-57792

    Documento audiovisual

    TÍTULO. Diretor e/ou produtor. Local: empresa produtora ou distribuidora, data. Especificação do suporte em unidades físicas.

    Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.
    Exemplos

    EM BUSCA de um sonho: da engenharia à ficção. Produção: Jacques Fux. [S. l. : s. n.], 2018. 1 vídeo (15 min). Publicado pelo canal TEDx Talks. Disponível em: https://www.youtube.com/
    watch?v=lN--5_3XdII. Acesso em: 29 mar. 2019.


    A CRIANÇA e o TDA/H: transtorno do déficit de atenção e hiperatividade. Viçosa, MG: Centro de Produções Técnicas, 2007. 1 DVD (80 min), son., color., 4 3/4 pol.

    Obs.: Para referência de obras sem indicação de autoria, o destaque já é a entrada pela primeira palavra do título em letras maiúsculas, incluindo artigo (definido ou indefinido) e palavra monossilábica inicial (se houver).

    Documentos legislativos

    JURISDIÇÃO (ou cabeçalho da entidade no caso de se tratar de normas). Título. edição. Local: Editora, ano. Total de páginas.

    Exemplo

    BRASIL. Estatuto da criança e do adolescente. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 1995. 210 p.

    BRASIL. Lei nº 13.722 de 4 de outubro de 2018. Torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil. Brasília, DF: Presidência da República, 2018. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2018/lei/L13722.htm. Acesso em: 15 jun. 2019.

    Obs. Para referências de leis, decretos, portarias e outros documentos do tipo, a ementa é elemento essencial e deve ser transcrita conforme publicada.

     

Atualizado em 24/11/2023

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Atualizado em: 20/06/2023