Análise Temática e Conceitual de Mapas Geomorfológicos: A Transcrição Gráfica da Complexidade do Relevo

Conteúdo do artigo principal

Ricardo Michael Pinheiro Silveira
Claudinei Taborda da Silveira

Resumo

As representações do relevo, transcritas pela cartografia geomorfológica, suscitam discussões historicamente pautadas pela complexidade multiescalar das feições e processos vinculados à modelagem da superfície. Sobretudo desde a década de 1950, considera-se que um mapa geomorfológico deve representar, de modo integrado, informações referentes à dimensão (morfometria), aspecto (morfografia), origem (morfogênese), processos atuantes (morfodinâmica) e a idade (morfocronologia) do relevo. No âmbito dos preceitos mencionados, este trabalho objetivou analisar mapas geomorfológicos de distintos recortes espaciais, escalas, datas e contextos de relevo sob a perspectiva teorética, que compreende conceitos e pressupostos da cartografia geomorfológica, e temática, que contempla a implantação gráfica e construção da legenda. Foram analisados 57 mapas geomorfológicos, categorizados em: mapeamentos nacionais, de regiões (recortes geográficos específicos) e de estados do Brasil. Adotou-se como critério de análise temática as variáveis visuais, no âmbito da semiologia gráfica, para cada aspecto geomorfológico elementar potencialmente mapeado: morfometria, morfografia, morfogênese, morfodinâmica e morfocronologia. Os resultados evidenciaram que os mapas nacionais possuem sofisticados sistemas de legenda, os mapas de regiões atendem demandas especializadas e os mapas estaduais priorizam o mapeamento de grandes unidades morfográficas. 56% dos mapas analisados representaram todos os aspectos geomorfológicos requeridos, ainda que alguns de modo implícito. Individualmente, a morfogênese (61,4%) e a morfografia (52,6%) foram os aspectos mais enfatizados nos mapas analisados. Conclui-se, por fim, que as concepções multiescalares têmporo-espaciais e teórico-metodológicas intrínsecas aos mapeamentos, além das características do relevo local, são fatores que dificultam padronizações e replicações de legendas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
SILVEIRA, R. M. P.; SILVEIRA, C. T. da. Análise Temática e Conceitual de Mapas Geomorfológicos: A Transcrição Gráfica da Complexidade do Relevo. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 73, n. 2, p. 574–597, 2021. DOI: 10.14393/rbcv73n2-54437. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/54437. Acesso em: 23 maio. 2022.
Seção
Artigos Originais