Estudos Comparativos de Modelos Geoidais em Atendimento às Orientações da Agência Nacional de Águas para a Revisão das Curvas Cota x Área x Volume do Reservatório da UHE Serra da Mesa

Conteúdo do artigo principal

Hélio Lopes Guerra Neto
Carlos Henrique Oliveira da Rocha

Resumo

Para o bom gerenciamento do potencial energético de uma usina hidrelétrica, faz-se necessário conhecer a curva Cota x Área x Volume (CAV) do reservatório. Por isso, a Agência Nacional de Águas (ANA) solicita que se façam atualizações periódicas dessas curvas pra fins de avaliação do processo de assoreamento, que pode causar impacto no volume d'água para a geração de energia. Este estudo visa analisar dentre os processos cartográficos aplicados no cálculo do volume do reservatório, a etapa de elaboração do Modelo Geoidal Local (MGL), tal qual solicitado pela ANA. Serão analisadas as ondulações geoidais calculadas a partir de diferentes modelos em relação às ondulações geoidais obtidas pela Rede de Vértices Geodésicos (RVG). Na primeira etapa das análises, verificar-se-á a adequação dos modelos geoidais e geopotenciais globais e regionais disponíveis com relação às orientações da ANA. Caso os modelos se mostrem inadequados, irá ser calculado um modelo geoidal local, confeccionado e analisado, em termos de acurácia, a partir de pontos nivelados geometricamente e rastreados por GNSS. A análise da acurácia dos modelos se dará em duas fases: verificação se há tendência ou viés e; qual a precisão. A ANA, com a possibilidade de utilização de um MGL, visa diminuir os custos e os prazos da coleta dos dados em campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
GUERRA NETO, H. L.; DA ROCHA, C. H. O. Estudos Comparativos de Modelos Geoidais em Atendimento às Orientações da Agência Nacional de Águas para a Revisão das Curvas Cota x Área x Volume do Reservatório da UHE Serra da Mesa. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 70, n. 1, p. 409–436, 2018. DOI: 10.14393/rbcv70n1-45261. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/45261. Acesso em: 21 abr. 2024.
Seção
Artigos Originais