USO DO CONTEÚDO DE CALOR NA CAMADA SUPERIOR DO OCEANO DERIVADO DE SATÉLITE NO ESTUDO DA VARIABILIDADE CLIMÁTICA NO ATLÂNTICO SUL

Conteúdo do artigo principal

Wilton Zumpichiatti Arruda
Carlos Alessandre Domingos Lentini
Edmo José Dias Campos

Resumo

A falta de observações hidrográficas de longo termo, especialmente no Atlântico Sul, fazem com que dados de satélites se tornem ferramentas chaves na investigação da variabilidade temporal e espacial em escalas oceânicas. Dados altimétricos, por não serem afetados pela cobertura de nuvens, fornecem informações extremamente importantes sobre a estrutura térmica vertical e a dinâmica da camada superior do oceano, quando combinados a dados hidrográficos climatológicos por meio de um modelo diagnóstico. Apresentamos um modelo semi-analítico, que combina anomalias da elevação da superfície do oceano obtidas do TOPEX/POSEIDON, temperatura da superfície do oceano derivados de infravermelho do NOAA/AVHRR, bem como dados hidrográficos do "World Ocean Atlas 2001", gerando mapas de Anomalias do Conteúdo de Calor na camada superior do oceano que são apropriadas para estudos de variabilidade climática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
ARRUDA, W. Z.; LENTINI, C. A. D.; CAMPOS, E. J. D. USO DO CONTEÚDO DE CALOR NA CAMADA SUPERIOR DO OCEANO DERIVADO DE SATÉLITE NO ESTUDO DA VARIABILIDADE CLIMÁTICA NO ATLÂNTICO SUL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 57, n. 2, 2009. DOI: 10.14393/rbcv57n2-44948. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44948. Acesso em: 21 abr. 2024.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Wilton Zumpichiatti Arruda, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ Instituto de Matemática

Carlos Alessandre Domingos Lentini, Universidade de São Paulo - USP

Universidade de São Paulo - USP Instituto Oceanográfico

Edmo José Dias Campos, Universidade de São Paulo - USP

Universidade de São Paulo - USP Instituto Oceanográfico