CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO VIA INTERNET: um importante instrumento de apoio ao planejamento municipal

Conteúdo do artigo principal

Amilton Amorim
Guilherme Henrique Barros de Souza
Marcelo Corrêa Yamashita

Resumo

É comum encontrar, nas prefeituras brasileiras, um cadastro imobiliário cuja sua utilização se restrinja apenas a uma base de dados para o cálculo de tributos, mesmo assim, geralmente não dá os subsídios necessários para a caracterização dos imóveis com o objetivo de apuração do valor venal. Considerando que os sistemas cadastrais, podem ter um caráter multidisciplinar, os mesmos podem assumir uma função mais abrangente, apresentando-se como um conjunto de informações organizadas para diversos departamentos e setores da administração municipal. Um sistema de gerenciamento de informações que contemple o banco de dados cadastral, com múltiplas finalidades, possibilita a manipulação desses dados apresentando informações de maneira adequada aos usuários, tornando-se um importante instrumento de apoio à tomada de decisão. Ainda que a maior parte dos municípios de pequeno e médio porte não venha investindo em novas tecnologias, a modernização dos serviços públicos por meio de sistemas informatizados é vista como inevitável, podendo otimizar tanto os serviços internos quanto o atendimento ao cidadão. Este trabalho apresenta um Sistema Gerenciador de Informações Cadastrais - SIC, ainda em desenvolvimento, baseado no Cadastro Técnico Multifinalitário de um município de pequeno porte, que permite a visualização, pela Internet, de informações cadastrais, consulta por operações estatísticas e ainda a possibilidade de emissão de documentos on-line.
Palavras-chave: Sistema de Informações Cadastrais, Internet, Cadastro Técnico Multifinalitário

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
AMORIM, A.; DE SOUZA, G. H. B.; YAMASHITA, M. C. CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO VIA INTERNET: um importante instrumento de apoio ao planejamento municipal. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 60, n. 2, 2009. DOI: 10.14393/rbcv60n2-44874. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44874. Acesso em: 30 nov. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>