AVALIAÇÃO DA QUALIDADE GEOMÉTRICA DA IMAGEM GEOEYE PARA A ATUALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS CARTOGRÁFICOS

Conteúdo do artigo principal

Guilherme Gomes Pessoa
Amilton Amorim

Resumo

O uso de imagens orbitais vem crescendo bastante nos últimos anos devido às inovações tecnológicas na área do Sensoriamento Remoto, fornecendo novas ferramentas à comunidade cartográfica para a execução de trabalhos voltados à elaboração e atualização de documentos cartográficos. Dessa forma, existem vários satélites equipados com diferentes sensores que capturam e registram imagens da superfície da Terra, com alta resolução espacial, espectral, radiométrica e temporal. Devido ao fato dessas imagens possuírem alguns erros, advindos tanto da construção dos sensores como de interferências causadas pela atmosfera na propagação do espectro, é necessário aplicar algumas correções para poder realizar medidas sobre as mesmas, dentre as correções está a correção devido ao erro causado pelo relevo. O principal objetivo deste trabalho é realizar um estudo sobre a precisão geométrica que a imagem Geoeye pode atingir, em função do modelo digital utilizado para realizar a ortorretificação, por fim estudar a viabilidade de sua utilização como ferramenta de atualização cartográfica. Para a realização do experimento foram utilizadas imagens Geoeye ortorretificadas a partir de dois Modelos Digitais de Terreno, SRTM e um modelo gerado a partir de um aerolevantamento antigo, classificando-a de acordo com o PEC e analisando sua potencialidade para uso em mapeamento e atualização cadastral e de demais documentos cartográficos em áreas de expansão urbana. Os resultados obtidos para a qualidade geométrica atingida se mostram promissores no que diz respeito ao emprego dessa técnica para a atualização de documentos cartográficos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
PESSOA, G. G.; AMORIM, A. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE GEOMÉTRICA DA IMAGEM GEOEYE PARA A ATUALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS CARTOGRÁFICOS. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 67, n. 2, 2015. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44673. Acesso em: 21 maio. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>