OBSERVAÇÃO DO IMPACTO DO USO DE ÁREA PROJETADA INDICE DE RESERVA LEGAL NO MACIÇO DA TIJUCA

Conteúdo do artigo principal

Tainá Laeta
Luiz Felipe Coutinho Ferreira da Silva
Manoel do Couto Fernandes

Resumo

A geoecologia estuda a interação entre os seres vivos e o meio onde eles vivem. Muitas vezes esses estudos levam em consideração em suas análises a área de superfície projetada, implicando em análises imprecisas por não levar em conta as nuances do relevo no cálculo de área. Nesse sentido, o objetivo da pesquisa é analisar o impacto do uso de mensurações em área de superfície planimétrica e real nas análises geoecológicas, e assim saber o impacto do uso da área de superfície planimétrica no cálculo do índice de Reserva Legal. Na elaboração da pesquisa, primeiramente para possibilitar a observação da diferença entre as duas áreas, foram construídos sólidos geométricos, sendo eles: cone, pirâmide, semi-esfera e tetraedro. Posteriormente à construção dos sólidos foi feito o cálculo da área de superfície planimétrica e área de superfície real desses mesmos sólidos e calculada a diferença de entre as duas áreas, e assim estabelecer uma relação de representação. A seleção por tais sólidos se deve à associação de feições encontradas no relevo, ou seja, que podem ser vistas na paisagem. Na área de estudo selecionada, maciço da Tijuca, além das observações do comportamento do parâmetro área, foi analisada a implicação desse parâmetro no cálculo do índice de Reserva Legal. Resultados mostram que há uma relação inversamente proporcional entre o parâmetro área e o indicador, ou seja, quanto maior o valor de área, menor o valor do indicador. Com isso, pode-se concluir que a consideração da área planimétrica nos estudos geoecológicos pode de fato implicar em análises imprecisas, pois esses indicadores podem gerar informações distorcidas no subsídio ao planejamento ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
LAETA, T.; SILVA, L. F. C. F. da; FERNANDES, M. do C. OBSERVAÇÃO DO IMPACTO DO USO DE ÁREA PROJETADA INDICE DE RESERVA LEGAL NO MACIÇO DA TIJUCA. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 1, 2016. DOI: 10.14393/rbcv68n1-44482. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44482. Acesso em: 22 jun. 2024.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)