O CONCEITO ATUAL DOS REFERENCIAIS USADOS EM GEODÉSIA

Conteúdo do artigo principal

Denizar Blitzkow
Ana Cristina Oliveira Cancoro de Matos
Gabriel do Nascimento Guimarães
Sônia Maria Alves Costa

Resumo

A Era Espacial permitiu desenvolver tecnologias e metodologias de observação que levaram ao estudo de fenômenos até então impossível de ser realizado. Pode-se citar o deslocamento das placas litosféricas, as marés terrestres e oceânicas, os movimentos do eixo de rotação da Terra, as variações da velocidade de rotação da mesma, o movimento dos satélites artificiais, etc. A qualificação e a quantificação destes fenômenos exigem o estabelecimento de referenciais adequados. Após anos de estudo e análise concluiu-se que dois referenciais seriam suficientes para quantificar todos os fenômenos relacionados com os interesses da Geodesia, da Geofísica, da engenharia e da geodinâmica: o referencial terrestre e o referencial celeste. A conceituação, a definição e a realização dos referenciais constituem as etapas naturais para o seu estabelecimento e a sua manutenção. Através de observações espaciais, seja a corpos celestes seja aos satélites artificiais, os referenciais são materializados. O presente trabalho apresenta uma descrição geral da evolução dos referenciais na era moderna, de seu estabelecimento e de sua manutenção, função atribuída atualmente ao IERS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
BLITZKOW, D.; MATOS, A. C. O. C. de; GUIMARÃES, G. do N.; COSTA, S. M. A. O CONCEITO ATUAL DOS REFERENCIAIS USADOS EM GEODÉSIA. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 63, 2011. DOI: 10.14393/rbcv63n0-43758. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43758. Acesso em: 10 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Denizar Blitzkow, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo

Ana Cristina Oliveira Cancoro de Matos, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo

Gabriel do Nascimento Guimarães, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo

Sônia Maria Alves Costa, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)