Extensão popular

trabalho social que se dá com base no encontro humano, no diálogo com o outro e na imersão crítica na realidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REP-2022-67429

Palavras-chave:

Educação Popular, Extensão Popular, Paulo Freire

Resumo

O objetivo dessa edição foi possibilitar a socialização de reflexões, saberes e práticas que se identificam com a abordagem freiriana e com o referencial teórico-metodológico da concepção da educação popular, que se corporificam no conceito de extensão popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renan Soares de Araújo, Escola de Saúde Pública da Paraíba

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil; apoiador institucional da Escola de Saúde Pública da Paraíba, Brasil; integrante do Grupo de Pesquisa em Extensão Popular (EXTELAR/UFPB/CNPq).

Pedro José Santos Carneiro Cruz, Universidade Federal da Paraíba

Doutor em Educação pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil; professor adjunto do Departamento de Promoção da Saúde do Centro de Ciências Médicas na mesma instituição;  líder do Grupo de Pesquisa em Extensão Popular (EXTELAR/UFPB/CNPq); membro da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO).

Referências

BRANDÃO, C. R. Paulo Freire: uma vida entre aprender e ensinar. São Paulo: Ideias & Letras, 2017.

BRANDÃO, C. R. Pesquisar-participar. In: BRANDÃO, C. R. (org.). Pesquisa participante. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1985. p. 9-16.

CALADO, A. J. F. Movimentos sociais por uma sociabilidade alternativa: enfrentamentos e apostas. In: ALMEIDA, M. L. P.; JEZINE, E. (org.). Educação e movimentos sociais: novos olhares. Campinas: Alínea, 2007. p. 93-121.

FREIRE, P. Conscientização e alfabetização: uma nova visão do processo. In: FÁVERO, O. (org.). Cultura popular, educação popular: memória dos anos 60. Rio de Janeiro: Graal: Paz e Terra, 1985b. p. 99-126.

FREIRE, P. Criando métodos de pesquisa alternativa: aprendendo a fazê-la melhor através da ação. In: BRANDÃO, C. R. (org.). Pesquisa participante. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1985a. p. 34-41.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? 17. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 43. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 50. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

FREIRE, P. Política e educação: ensaios. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

GADOTTI, M. Concepção dialética da educação: um estudo introdutório. 14. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

MELO NETO, J. F. Extensão popular. 2. ed. João Pessoa: Editora da UFPB, 2014.

MÉSZÁROS, I. A educação para além do capital. Tradução de Isa Tavares. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2008.

SADER, E. Prefácio. In: MÉSZÁROS, I. A educação para além do capital. Tradução de Isa Tavares. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2008. p. 15-18.

Downloads

Publicado

2022-11-05

Como Citar

ARAÚJO, R. S. de; CRUZ, P. J. S. C. Extensão popular: trabalho social que se dá com base no encontro humano, no diálogo com o outro e na imersão crítica na realidade. Revista de Educação Popular, Uberlândia, MG, p. 1–8, 2022. DOI: 10.14393/REP-2022-67429. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/67429. Acesso em: 30 nov. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)