Neruda e Drummond: um olhar sobre Stalingrado

Autores

  • Moacir Lopes de Camargos Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, RS
  • Pablo Ramos Silveira

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL64-v31n1a2015-3

Palavras-chave:

Poesia, História, Stalingrado, Engajamento político, Intelectual.

Resumo

Este artigo tem por objetivo promover uma aproximação entre dois expoentes da lírica latino-americana do século XX, a saber: Pablo Neruda e Carlos Drummond de Andrade, a partir da análise dos poemas Canto a Stalingrado (1942) e Carta a Stalingrado (1943). Apresentaremos a visão histórica desses poetas sobre a Batalha de Stalingrado, considerada um dos principais eventos da Segunda Guerra Mundial. Ademais, será abordada a questão do engajamento político, que envolve a produção poética dos referidos autores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Moacir Lopes de Camargos, Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, RS

Professor de Língua francesa, espanhola e literaturas em língua espanhola da Universidade Federal do Pampa, Bagé.

Pablo Ramos Silveira

Mestre em estudos da literatura pela UFRGS

Downloads

Publicado

2015-07-10

Como Citar

CAMARGOS, M. L. de; RAMOS SILVEIRA, P. Neruda e Drummond: um olhar sobre Stalingrado. Letras & Letras, [S. l.], v. 31, n. 1, p. 33–44, 2015. DOI: 10.14393/LL64-v31n1a2015-3. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/28674. Acesso em: 27 nov. 2022.