Victor Frankenstein, um Prometeu moderno? Sob o olhar do imaginário educacional

Autores

  • Alberto Filipe Ribeiro de Abreu Araújo Instituto de Educação da Universidade do Minho
  • Armando Rui Castro de Mesquita Guimarães Instituto de Educação da Universidade do Minho

Palavras-chave:

Frankenstein, Prometeu, educação, mito, imaginário educacional

Resumo

A nossa abordagem de Frankenstein centrou-se na revisitação do personagem Victor Frankenstein mais do que na sua criação pois só podemos compreender e explicar quem o monstro se tornou através do seu criador. O mito de Frankenstein é passível de múltiplas leituras. Dentro delas privilegiamos a educacional. Neste contexto desenvolvemos a nossa argumentação com base em três perguntas: 1ª. Quem era este Victor Frankenstein segundo Mary Shelley?; 2ª. Quem pensamos nós ser Victor Frankenstein?; 3ª. Será que Victor Frankenstein é, verdadeiramente, um novo Prometeu, ou este Prometeu, de facto, nunca se chegou a cumprir? Concluímos com um enfoque educacional respondendo negativamente à terceira pergunta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-06

Como Citar

ARAÚJO, A. F. R. de A.; GUIMARÃES, A. R. C. de M. Victor Frankenstein, um Prometeu moderno? Sob o olhar do imaginário educacional. Letras & Letras, [S. l.], v. 30, n. 1, p. 18–37, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/27353. Acesso em: 25 maio. 2022.