Como os adultos contam histórias

Análises de narrativas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v37n2-2021-03

Palavras-chave:

Educação Especial, Adultos surdos, Narrativas em Língua Brasileira de Sinais (Libras), Instrumento de avaliação

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar narrativas de adultos surdos por meio da contação de história. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, do tipo descritiva. Os participantes foram convidados a olhar/ler visualmente a história presente no livro Frog, where are you? uma única vez. Em seguida, solicitou-se a construção da narrativa em Libras, que foi filmada para posterior preenchimento do instrumento e análises dos dados. O instrumento de avaliação de textos narrativos em língua de sinais, utilizado para a coleta de dados e que subsidiou as análises, foi criado por pesquisadores da Universidade de Barcelona em parceria com pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos e tem a intenção de contribuir com a avaliação da qualidade de narrativas produzidas em línguas de sinais. Os resultados mostram que as experiências vivenciadas na infância influenciam significativamente no tipo de narrativa que o surdo traz para a vida adulta. Além disso, proporcionam reflexões para futuras pesquisas na área em questão, haja vista os poucos trabalhos disponíveis no Brasil sobre essa temática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lara Ferreira dos Santos, Universidade Federal de São Carlos

Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Metodista de Piracicaba (2003), Mestre em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (2007) e Doutora em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar (2014).

 Professora Adjunta da UFSCar e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial. Atuou como Intérprete de Libras em diversos espaços. Tem experiência na área de Surdez; e na área educacional de atendimento bilíngue a alunos surdos, atuando principalmente nos seguintes temas: educação bilíngue, intérprete de Libras, escola inclusiva, instrutor surdo. Vencedora (1º lugar) do 56º Prêmio Jabuti -2014 - pela obra "Tenho um aluno surdo. E agora?".

Referências

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GUARINELLO, A. C.; LACERDA, C. B. F. Educação Bilíngue e Atuação Fonoaudiológica. In: MARCHEZAN, I. Q.; SILVA, H. J.; TOMÉ, M. C. Tratado das especialidades em fonoaudiologia. São Paulo: Guanabara Koogan, 2014. v.1, p. 516-523.

JARQUE, M. J; LACERDA, C. B. F.; GRÀCIA, M. G.; CELILLO, P.; SERRANO, M. Instrumento de avaliação de textos narrativos em língua de sinais. Universidade de Barcelona (I+D EVALOE_SSD 2015-2018) e CREDA PereBarnils. (no prelo).

LACERDA, C. B. F.; LODI, A. C. B. O desenvolvimento do narrar em crianças surdas: o contexto de grupo e a importância da língua de sinais. Temas sobre Desenvolvimento, v. 15, n.85-86, p. 45-53, 2006.

LACERDA, C. B. F.; LODI, A. C. B. Uma escola, duas línguas: letramento em língua portuguesa e língua de sinais nas etapas iniciais de escolarização. Porto Alegre: Mediação, 2009.

MAYER, M. Frog, where are you? A boy, a dog, and a frog. New York: Dial Books for Young Readers, 2003.

MORGAN, G. The encoding of simultaneity in children’s British Sign Language narratives. Sign Language and Linguistics, v. 5, n. 2, p. 131-165, 2002. DOI: https://doi.org/10.1075/sll.5.2.04mor

PEREIRA, M. C. C.; NAKASATO, R. Narrativas infantis em Língua Brasileira de Sinais. Letras de Hoje, v. 39. n. 3, p. 273-284, 2004.

PERRONI, M. C. Desenvolvimento do discurso narrativo. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

SILVA, A. G. Corpo-texto, texto-corpo: apontamentos sobre literatura e performance na contação de história em língua de sinais. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 17, n. 4, p. 793-812, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1984-6398201711324

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e linguagem. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

VYGOTSKY, L. S. Sete aulas de L. S. Vigotski sobre os fundamentos da pedologia. 1. ed. Rio de Janeiro: E-Papers, 2018.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

BAGGIO MONTES, A. L.; SANTOS, L. Como os adultos contam histórias: Análises de narrativas. Letras & Letras, [S. l.], v. 37, n. 2, p. 47–63, 2021. DOI: 10.14393/LL63-v37n2-2021-03. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/56240. Acesso em: 12 ago. 2022.