Análise aerodinâmica da nasalidade coarticulatória no falar florianopolitano

Autores

  • Clara Simone Ignácio Mendonça UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC
  • Izabel Christine Seara UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC

DOI:

https://doi.org/10.14393/DLE-v9n5a2015-5

Palavras-chave:

Fonética, medidas aerodinâmicas, piezo-elétrico, nasalidade, vogais nasalizadas.

Resumo

A nasalidade coarticulatória, fenômeno pouco explorado no PB, é resultado da coarticulação de uma vogal oral com uma consoante nasal que segue ou antecede a vogal oral em sequências VNV. Este estudo, de cunho introdutório e qualitativo, trata de aspectos aerodinâmicos da nasalidade coarticulatória do PB com dados obtidos através de um piezo-elétrico. Os resultados aerodinâmicos confirmam que a nasalidade das vogais do PB pode ser progressiva, regressiva ou ambas. Enfatizou-se a nasalidade regressiva, também chamada de antecipatória. Verificou-se a presença de fluxo de ar nasal, em vogais nasalizadas coarticulatoriamente em posição tônica e átona, bem como a duração da vogal nasalizada.  O grau de nasalização parece estar ligado à consoante nasal que sucede a vogal. As vogais altas apresentaram fluxo de ar nasal com maior amplitude, se comparada com as demais vogais nasalizadas articulatoriamente do PB. Os dados apontam para uma duração da vogal nasalizada em posição tônica semelhante à das vogais nasais, porém, superior à das vogais orais. Locutores do sexo masculino apresentaram fluxo de ar nasal com maior amplitude quando comparado ao fluxo de ar nasal das produções femininas. Esta pesquisa visa contribuir com aspectos aerodinâmicos do PB, especialmente do falar florianopolitano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clara Simone Ignácio Mendonça, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC

Doutoranda em Linguística na área de Teoria e Análise Linguística: Fonética, na UNIVERISADE FEDERAL DE SANTA CATARINA.  Pesquisadora do FONAPLI, Laboratório de Fonética Aplicada da UFSC. Participante do projeto  "O detalhe fonético: análise acústica exploratória de segmentos da fala", coordenado pela Profª Drªa Izabel Christine Seara, orientadora da minha pesquisa.

Izabel Christine Seara, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC

Profª Doutora em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pós- Doutorado em PARIS III - Soubonne Nouvelle.  Professora do Programa de Pós Graduação em Linguística da UFSC - PPGL. Área de atuação Fonetica e Fonologia.

Downloads

Publicado

28-08-2015

Como Citar

MENDONÇA, C. S. I.; SEARA, I. C. Análise aerodinâmica da nasalidade coarticulatória no falar florianopolitano. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 9, n. 5, p. 83–104, 2015. DOI: 10.14393/DLE-v9n5a2015-5. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/29058. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos