O Epidítico e(m) cenas da enunciação: a amplificação do discurso organizacional em publicidades

Autores

  • André William Alves de Assis UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais
  • Cristia Rodrigues Miranda UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL19-v9n3a2015-7

Palavras-chave:

Epidítico. Cenografia. Discurso organizacional. Publicidade.

Resumo

A partir da hipótese de que o discurso epidítico funciona em um quadro enunciativo-cenográfico, analisamos duas publicidades veiculadas na Revista Exame, em seu 'Guia Exame de Sustentabilidade', ancorados no escopo teórico da Análise do Discurso (MAINGUENEAU, 1997, 2006, 2008, 2011) e nos estudos da Argumentação (PERNOT, 1993; PERELMAN & OLBRECHTS-TYTECA, 2005; BRANDÃO, 2011; AMOSSY, 2011; entre outros). Observamos que o epidítico, em segundo plano, funciona como um amplificador daquilo que é apresentado pela empresa, como prática sustentável, dando maior evidência, no primeiro plano, à cenografia que vende a ideia e o produto das empresas, virtudes selecionadas e elogiadas pela revista. Essas virtudes estão relacionadas a uma ampla rede de práticas institucionais, tematizadas e especificadas na publicidade que vende um modelo de prática aos leitores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André William Alves de Assis, UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando em estudos linguísticos pela UFMG.  Bolsista Capes PDSE (jan./jun., 2015).

Cristia Rodrigues Miranda, UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda em estudos linguísticos pela UFMG.

Downloads

Publicado

31-07-2015

Como Citar

ASSIS, A. W. A. de; MIRANDA, C. R. O Epidítico e(m) cenas da enunciação: a amplificação do discurso organizacional em publicidades. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 120–136, 2015. DOI: 10.14393/DL19-v9n3a2015-7. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/28848. Acesso em: 18 ago. 2022.