"Não caber em si", "Ficar sem pinga de sangue": estudo comparativo de expressões idiomáticas do domínio dos sentimentos no português brasileiro e no português europeu

Autores

  • Laís Moreira Nogueira Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Maria Lúcia Leitão de Almeida Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Diogo Oliveira R. Pinheiro Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL16-v8n2a2014-12

Palavras-chave:

Expressões idiomáticas, Sentimentos, Estudo comparativo, Linguística Cognitiva.

Resumo

Os sentimentos são universais e inerentes ao ser humano, mas a forma como cada língua ou variante linguística os conceptualiza e lexicaliza é culturalmente situada. A fim de verificar como se dá esse processo de variação intercultural, este trabalho analisa, à luz do paradigma da Linguística Cognitiva, expressões idiomáticas (EIs) do domínio dos sentimentos nas variantes brasileira e europeia do português. Para isso, foram selecionadas, para ambas as variantes, EIs associadas a cinco tipos de sentimentos: amor, raiva/ódio, felicidade/alegria, tristeza e medo. Um teste offline de acessibilidade foi aplicado a falantes nativos das duas variantes, a fim de avaliar as convergências e divergências interpretativas. Verificou-se uma situação de predominante convergência em relação ao reconhecimento e à interpretação das expressões, ao lado de algumas divergências que parecem revelar diferenças significativas no que tange à conceptualização de determinados sentimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laís Moreira Nogueira, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vernáculas, Língua Portuguesa

Maria Lúcia Leitão de Almeida, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vernáculas, Língua Portuguesa

Diogo Oliveira R. Pinheiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Linguística e Filologia, Linguística

Downloads

Publicado

17-12-2014

Como Citar

NOGUEIRA, L. M.; DE ALMEIDA, M. L. L.; PINHEIRO, D. O. R. "Não caber em si", "Ficar sem pinga de sangue": estudo comparativo de expressões idiomáticas do domínio dos sentimentos no português brasileiro e no português europeu. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 219–244, 2014. DOI: 10.14393/DL16-v8n2a2014-12. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/27745. Acesso em: 28 maio. 2022.