Identificação de unidades fraseológicas no vocabulário de Star Trek: abordagens corpus-driven e corpus-based

Autores

  • Lucas Maciel Peixoto Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL16-v8n2a2014-8

Palavras-chave:

Fraseologia, Terminologia, Linguística de Corpus, Ficção Científica, Star Trek

Resumo

Este artigo analisou unidades fraseológicas a partir do vocabulário existente no universo fictício de Star Trek. A base teórica usada foi a Teoria Comunicativa da Terminologia e também a Etnoterminologia, além de estudos sobre a Fraseologia. A Linguística de Corpus foi usada como base metodológica, por meio de uma abordagem corpus-driven (direcionada por corpus) e outra corpus-based (baseada em corpus). Os dados examinados provieram de um corpus de estudo compilado a partir das legendas em inglês dos seriados e filmes de Star Trek, e analisado via WordSmith Tools, e também de dois corpora online de língua inglesa: o Corpus of Contemporary American English e o Google Books. Os resultados do estudo mostraram exemplos de unidades fraseológicas que são usadas dentro do universo da série, inclusive termos específicos. Além disso, também foram encontradas frases criadas pela série e ressignificadas pelos fãs, tornando-se unidades fraseológicas na língua corrente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Maciel Peixoto, Universidade Federal de Uberlândia

Mestrando do Programa de Pós Graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Federal de Uberlândia (PPGEL/UFU). Possui Licenciatura Plena em Letras: Habilitação em Inglês e Literaturas de Língua Inglesa pela Universidade Federal de Uberlândia. Áreas de interesse: Língua Inglesa, Ensino de Língua Estrangeira, Linguística de Corpus, Linguística Computacional.

Downloads

Publicado

17-12-2014

Como Citar

PEIXOTO, L. M. Identificação de unidades fraseológicas no vocabulário de Star Trek: abordagens corpus-driven e corpus-based. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 139–163, 2014. DOI: 10.14393/DL16-v8n2a2014-8. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/27630. Acesso em: 8 ago. 2022.