A inclusão de unidades fraseológicas no Dicionário de Usos do Português do Brasil (2002)

Autores

  • Carolina Fernandes Alves Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL16-v8n2a2014-6

Palavras-chave:

Linguística Aplicada, Lexicografia, Fraseologia

Resumo

Resumo: Este trabalho se dedica a verificar como se dá a inclusão de unidades fraseológicas (UFs) no Dicionário de Usos do Português do Brasil (DUPB (2002)). Como metodologia, utilizamos os critérios de análise propostos por Silva (2011) e Tristá Pérez (1997), bem como aplicamos testes em falantes nativos do português brasileiro. A análise demonstra que o DUPB (2002) apresenta bastante coerência quanto ao tratamento lexicográfico das UFs analisadas.

Palavras-chave: Fraseologia; Lexicografia; Dicionário de Usos do Português do Brasil (2002)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Fernandes Alves, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda (bolsa Capes) em Teorias Linguísticas do Léxico do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

17.12.2014

Como Citar

ALVES, C. F. A inclusão de unidades fraseológicas no Dicionário de Usos do Português do Brasil (2002). Domínios de Lingu@gem, Uberlândia, v. 8, n. 2, p. 87–117, 2014. DOI: 10.14393/DL16-v8n2a2014-6. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/27351. Acesso em: 3 dez. 2022.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.