As formas cê(s) e você(s) na fala espontânea do PB: uma análise baseada em corpora.

Autores

  • Lucia Almeida Ferrari UFMG

Palavras-chave:

fala espontânea, pronomes de segunda pessoa, linguística de corpus, análise acústica, cliticização

Resumo

O artigo apresenta uma proposta metodológica para a análise do processo de cliticização do pronome reduzido cê(s) em relação às formas bisillábicas ocê(s) e você(s). A hipótese é que todas as formas podem exercer funções diferentes, seja de sujeito que de complemento preposicionado, ou seja, podem ser tônicas ou clíticas. Através da análise do corpus de fala espontânea C-ORAL-BRASIL foi possível identificar as ocorrências de uso da forma cê(s) em relação às outras, especialmente na função de sujeito, mas também na função de objeto preposicionado. A análise acústica permitiu verificar e confirmar algumas das hipóteses levantadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucia Almeida Ferrari, UFMG

Graduada em Letras pela Università Cattolica del Sacro Cuore -Itália

Mestre em Estudos Linguísticos pela UFMG

Doutoranda em Estudos Linguísticos pela UFMG

Downloads

Publicado

20-12-2013

Como Citar

FERRARI, L. A. As formas cê(s) e você(s) na fala espontânea do PB: uma análise baseada em corpora. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 200–237, 2013. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/23735. Acesso em: 11 ago. 2022.