O turno conversacional em interações de sujeitos afásicos

Autores

  • Caio Mira Centro Universitário Padre Anchieta

Palavras-chave:

Afasia, Conversação, Turnos, Interação

Resumo

Este trabalho objetiva analisar e descrever alguns aspectos interativos e cognitivos dos fenômenos conversacionais envolvidos nas práticas dos sujeitos afásicos de interagir e operar com as estruturas linguístico-comunicativas, como o turno conversacional. Analisaremos um fragmento de um episódio conversacional de grupo de sujeitos afásicos e não afásicos. gravado em meio áudio-visual, a fim de evidenciar as estratégias linguístico-cognitivas de sujeitos afásicos e não afásicos integrantes de um grupo de convivência que promove atividades cotidianas de práticas de linguagem. A partir do arcabouço teórico-metodológico da Análise da Conversação (Sacks, Schegloff & Jefferson, 1974) e dos estudos lingüísticos de base sócio-cognitiva (Tomasello, 2003; Ford, Fox &Thompson, 1996), procuraremos demonstrar que a configuração do sistema de troca de turnos é complexa por abarcar aspectos prosódicos, sintáticos e pragmáticos na manipulação de estratégias lingüístico-cognitivas envolvidas na organização da conversação.). As análises demonstram que os sujeitos afásicos, apesar dos déficits de ordem linguístico-cognitiva, conseguem manipular os turnos para assegurar o desenvolvimento conversação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Mira, Centro Universitário Padre Anchieta

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade de Franca (2002).

Downloads

Publicado

20.12.2013

Como Citar

MIRA, C. O turno conversacional em interações de sujeitos afásicos. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia, v. 7, n. 2, p. 90–108, 2013. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/23123. Acesso em: 2 dez. 2022.