Processos existenciais em reportagens de capa da revista Superinteressante

Autores

  • Lauro Rafael Lima Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL12-v6n1a2012-14

Palavras-chave:

Gramática sistêmico-funcional, Metafunção ideacional, Sistema de transitividade, Processos existenciais, Reportagens

Resumo

Este trabalho refere-se ao sistema de transitividade da metafunção ideacional da gramática sistêmico funcional, descrito por Halliday & Mathiessen (2004). Assim, realizou-se um levantamento acerca dos processes existenciais, pelo fato de serem os que apresentam um menor número de exemplos e de linhas dedicadas à sua explicação. Objetiva-se propor novas categorias de classificação para os processos existenciais, inserindo verbos que não são tomados como representando processos existenciais na obra de Halliday & Mathiessen (2004). Com isso, o trabalho explica a sugestão de novos verbos servindo como processos existenciais, baseado nos conceitos propostos pelos próprios autores. As pesquisas foram feitas em reportagens de capa da revista Superinteressante, gênero que demonstrou uma frequência relativamente grande se considerarmos o uso desses processos em outros gêneros. Os resultados foram satisfatórios e apontam para a ocorrência de novos (ou seja, que não estão descritos ainda como tal) verbos servindo como processos para orações existenciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lauro Rafael Lima, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Santa Maria

Downloads

Publicado

30-06-2012

Como Citar

LIMA, L. R. Processos existenciais em reportagens de capa da revista Superinteressante. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 261–285, 2012. DOI: 10.14393/DL12-v6n1a2012-14. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/14725. Acesso em: 12 ago. 2022.