Modos de ser e de dizer em Redes Sociais: como o poder e os discursos operam na construção de identidades - uma análise sobre o perfil do Orkut

Autores

  • Licia Frezza Pisa Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL12-v6n1a2012-8

Palavras-chave:

Discurso, Identidade, Poder, Foucault, Orkut

Resumo

Este trabalho abordará a questão das identidades do usuário do Orkut por meio dos discursos e do poder e como, ao falar de si, o usuário se torna outro, transforma a sua identidade no/para o Orkut ao preencher/editar o seu perfil. A fundamentação teórica se refere aos estudos de Michel Foucault sobre discurso, sujeito e poder e as análises serão feitas a partir da investigação das opções de preenchimento de perfil, ou seja, quando o usuário preenche a sua página e passa a existir no Orkut. Defende-se neste trabalho que a Internet é um espaço extremamente vigiado e controlado e esse controle, essa vigilância e os efeitos desses mecanismos nas redes sociais da Internet permeiam os discursos, a possibilidade de constituição de sujeitos, de identidades, tomando a relação entre poder e liberdade não como um movimento de exclusão, mas de implicação mútua.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Licia Frezza Pisa, Universidade Federal de São Carlos

Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística na área de Linguagem e Discurso.

Downloads

Publicado

29-06-2012

Como Citar

PISA, L. F. Modos de ser e de dizer em Redes Sociais: como o poder e os discursos operam na construção de identidades - uma análise sobre o perfil do Orkut. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 18–165, 2012. DOI: 10.14393/DL12-v6n1a2012-8. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/14502. Acesso em: 22 maio. 2022.