Considerações sobre a relação da língua (portuguesa) e constituição de sujeitos (alunos)

Autores

  • Guilherme Figueira Borges Universidade Estadual de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL12-v6n1a2012-2

Palavras-chave:

Língua Portuguesa, sujeito-professor, sujeito-aluno, Análise do Discurso.

Resumo

Este trabalho tem como corpus o dizer de dois alunos do terceiro ano do ensino médio de uma escola pública da cidade de Uberlândia. Nossas análises serão balizadas pelos construtos da Análise do Discurso de cunho francesa, mais notadamente no que concerne aos estudos de Pêcheux (2009) e de Foucault (1996, 2008). Objetivamos estabelecer um escrutínio do imaginário que esses estudantes apresentam da língua portuguesa e da sua própria relação com ela. Remarcar-se-á, por exemplo, que há uma exaltação da gramática tradicional no ensino-aprendizagem de LP e um desejo da oralidade nos dizeres dos sujeitos-aluno. Enfim, com esse estudo, queremos destacar que os alunos, ao enunciarem sobre sua relação com a língua (portuguesa), são levados a uma tomada de posição, constituindo-se sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Figueira Borges, Universidade Estadual de Goiás

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU (2006), na qual desenvolveu estudos com base nos construtos da Semântica Enunciativa, atuando principalmente nos seguintes temas: gramática, enunciação e termos acessórios.

Downloads

Publicado

27-06-2012

Como Citar

BORGES, G. F. Considerações sobre a relação da língua (portuguesa) e constituição de sujeitos (alunos). Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 29–43, 2012. DOI: 10.14393/DL12-v6n1a2012-2. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/14203. Acesso em: 11 ago. 2022.