O equívoco na utilização das passagens aéreas por parlamentares brasileiros: leituras na Revista Veja

Autores

  • Jefferson Barbosa-de-Souza IEL/UNICAMP

Palavras-chave:

política, discurso, gênero discursivo, revista, interincompreensão

Resumo

O estudo faz parte das reflexões desenvolvidas dentro dos estudos linguísticos e tem como objeto de análise o discurso político materializado na Revista Veja durante discussão sobre a utilização indevida de cotas aéreas por representantes parlamentares. O objetivo é mostrar alguns aspectos do discurso do político e do leitor, já que eles se dialogam e dão consistência à interincompreensão, uma polêmica regrada no interdiscurso que envolve os sujeitos enunciadores. Por meio da análise de recortes discursivos de três edições de Veja, podemos compreender que o gênero de texto e a posição institucional do sujeito enunciador são responsáveis pelas restrições de sentido que reconfiguram os dizeres sobre as cotas aéreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jefferson Barbosa-de-Souza, IEL/UNICAMP

Mestre em Letras pela UFMS, Câmpus de Três Lagoas. Atualmente é aluno especial do Programa de Pós-Graduação em Linguística do IEL-UNICAMP.

Downloads

Publicado

03-02-2011

Como Citar

BARBOSA-DE-SOUZA, J. O equívoco na utilização das passagens aéreas por parlamentares brasileiros: leituras na Revista Veja. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 79–96, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/11525. Acesso em: 25 maio. 2022.