O materialismo histórico nas abordagens de Vigotski e Wallon acerca do pensamento e da linguagem

Autores

  • Mara Rúbia Alves Marques Veríssimo Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v10n19a1996-972

Palavras-chave:

Marxismo, Vigotsky, Psicogênese, Materialismo histórico dialético

Resumo

Este trabalho tem como objetivo compreender a relação entre a teoria marxista da história e do homem e as análises desenvolvidas por Vigotsky e Wallon no campo da Psicogênese. Trata-se de compreender a contribuição da teoria da História ao campo da Psicologia, a ponto de produzir-se uma nova teoria do conhecimento.

Para tal empreendimento, em um primeiro momento tentamos justificar nossa opção teórico-metodológica a favor do materialismo histórico e dialético e esclarecer, ainda que superficialmente, os aspectos básicos dessa abordagem.

Posteriormente, analisamos a influência do materialismo histórico nas pesquisas de Vigotsky acerca da gênese do pensamento e da linguagem. Destacamos sobretudo o aspecto metodológico em detrimento da análise de conceitos propriamente dita, para não corrermos o risco de sermos demasiadamente superficiais. No entanto, arriscamos abordar algumas consequências pedagógicas das investigações de Vigotsky no que se refere à relação entre desenvolvimento e aprendizagem. [...]

Palavras-chave: Marxismo; Vigotsky; Psicogênese; Materialismo histórico dialético.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mara Rúbia Alves Marques Veríssimo, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Professora do Departamento de Princípios e Organização da Prática Pedagógica da Universidade Federal de Uberlândia.

Referências

COLE, Michael e SCRIBNER, Sylvia. Introdução. In: VIGOTSKY, L.S. A formação social da mente. 22 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

GARAUDY, Roger. Perspectivas do homem - existencialismo, pensamento católico, marxismo. 32 ed., Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968.

GOULIANE, C.I. A problemática do homem. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1969.

LERENA, Canos. Trabalho e formação em Marx. In: SILVA, Tomaz T. da. Trabalho, educação e prática social. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

MANACORDA, Mário Alighiero. Humanismo de Marx e industrialismo de Gramsci. In: SILVA, Tomaz T. da. Trabalho educação e prática social. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

MARX, K. e ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Hucitec, 1986.

MARX, Karl. Manuscritos econômicos e filosóficos. In: FROMM, Erich. Conceito marxista do homem. 72 ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.

SHAFF, Adam. O marxismo e o indivíduo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.

VIGOTSKY, L.S. A formação social da mente. 22 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

VIGOTSKY, L.S. Pensamento e linguagem. 32 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

VIGOTSKY, L.S., LURIA, A.R., LEONTIEV, A.N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Icone, 1988.

Downloads

Publicado

2008-10-22

Como Citar

VERÍSSIMO, M. R. A. M. O materialismo histórico nas abordagens de Vigotski e Wallon acerca do pensamento e da linguagem. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 10, n. 19, p. 129–143, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v10n19a1996-972. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/972. Acesso em: 22 abr. 2024.