O Programa Nacional Escola de Gestores: os discursos da academia e dos seus egressos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v8n1a2019-48796

Palavras-chave:

Formação de professores/gestores, Programa Nacional Escola de Gestores, Especialização em Coordenação Pedagógica

Resumo

O estudo teve como objeto a formação de professores/gestores no âmbito do Programa Escola de Gestores a partir do curso de especialização em coordenação pedagógica. Buscou compreender se os objetivos propostos nos documentos oficiais a respeito da formação desenvolvida na modalidade da educação a distância foram alcançados. Foi realizada pesquisa bibliográfica e documental, complementada por questionários. As análises pautaram-se em uma lógica buscando um movimento a partir do materialismo histórico dialético. A comparação entre os sentidos explícitos e implícitos revelaram contradições, o que sinaliza a necessidade de fazer um caminho mais profundo em busca das explicações desse programa.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Raquel Aparecida Souza, Universidade Federal do Tocantins -UFT - Tocantins - Brasil

Doutora em Educação pela Universidade De Brasília (UnB) – Linha de políticas da educação. Docente da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Raquel de Almeida Moraes, Universidade de Brasília - UnB - Distrito Federal - Brasil

Doutorado e Mestrado em Filosofia e História da Educação pela Faculdade de Educação da UNICAMP. Professora Associada da Universidade de Brasília (UnB) e Líder do Grupo Lattes do CNPq: HISTEDBR-DF, HISTEDBR.

Referências

BRASIL (2009). Diretrizes Nacionais para o Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica. Brasília: MEC/SEB.

BRASIL (2009). Projeto Pedagógico do Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica. Brasília: Ministério da Educação.

BRASIL (2006). RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, de 15 de Maio de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia. Brasília: Ministério da Educação.

Banco Mundial (BM) (1995). La enseñanza superior: las lecciones derivadas de la experiencia (El Desarrolo em La práctica). Washington, D. C. BIRD/Banco Mundial.

Banco Mundial (BM) (2010). Atingindo uma Educação de Nível Mundial no Brasil: próximos passos – sumário executivo. 2010. Disponível em: http:// http://. Acesso em 2016.

BONETII, L. W. (2007) A gênese das políticas públicas: princípios e determinantes / Enfim, o que são as políticas públicas e quais são os seus objetivos hoje. In: Bonetti, L. W. (2007). Políticas públicas por dentro. Ijuí: Unijuí, p.19-66 e 73-89.

FIORIN, J. L. (2005). Linguagem e Ideologia. São Paulo: Ática. (Série Princípios).

FRIGOTTO, G. (1991) O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional. In: Fazenda, I. (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez.

LIMMA, K. R. de S. (2006). Educação a Distância na Reformulação da Educação Superior Brasileira. In: NEVES, Lúcia Maria W. ;SIQUEIRA, Ângela C. de (Orgs.). Educação Superior: uma reforma em processo. São Paulo: Xamã.

MOTA JUNIOR, W. P. da.; MAUÉS, O. C. (2014) O Banco Mundial e as Políticas Educacionais Brasileiras. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 39, n. 4, p. 1137-1152, out./dez.

OLIVEIRA, D. M. (2009) de. Educação a Distancia e a formação de professores em nível superior no Brasil. Anais da ANPED, 32, GT11.

MORAES, R. de A. (2014). O método materialista dialético e a consciência. In: Célio da Cunha; José Vieira de Souza; Maria Abádia da Silva. (Org.). O método dialético na pesquisa em educação (Col. Políticas Públicas de Educação). 1ed. Campinas: Autores Associados, v. 1, p. 79-96.

RICHARDSON, R. J. (Org.). (2015) Pesquisa Social. Métodos e Técnicas. 3ª Ed. S.P.: Atlas.

SILVA, R. G. da S., OLIVEIRA, E. S. G. de, Costa, G. G. da S. (2011). Os Dilemas do Estado e da Política Pública: Políticas Públicas de EaD, Tecnologia e Reforma Universitária. Anais do VIII Convibra Administração – Congresso Virtual Brasileiro de Administração. Disponível em . Acesso em 02 de Jul, 2013.

PARO, V. H. (2001). Escritos sobre Educação. São Paulo: Xamã.

TRIVIÑOS, A. N. S. (1987) Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais. A Pesquisa Qualitativa em Educação. São Paulo: Atlas.

VIEIRA, F. M. S.;MORAES, R. A. (2014). As políticas brasileiras para formação de professores a distância, na sociedade capitalista. Revista da Faculdade de Educação da UFG. V.39, n.2. Disponível em <http://www.revistas.ufg.br/index.php/interacao/issue/view/1522/showToc>. Acesso em 10 setembro, 2014.

UFT. Universidade Federal do Tocantins (2012). Relatório de Avaliação do Curso Especialização em Coordenação Pedagógica. Palmas-TO.

UFT. Universidade Federal do Tocantins (2012). Relatório Final do Curso Especialização em Coordenação Pedagógica. Palmas-TO.

Downloads

Publicado

2019-05-20

Como Citar

Souza, R. A. ., & Moraes, R. de A. . (2019). O Programa Nacional Escola de Gestores: os discursos da academia e dos seus egressos. Revista Educação E Políticas Em Debate, 8(1), 37–56. https://doi.org/10.14393/REPOD-v8n1a2019-48796

Edição

Seção

Artigos