MAPEAMENTO DO GRAU DE FRAGILIDADE COM PROCESSO ANALÍTICO HIERÁRQUICO E OPERADORES FUZZY GAMA NA DETECÇÃO ÁREAS DE FRAGILIDADE AMBIENTAL

Conteúdo do artigo principal

Stela Rosa Amaral Gonçalves
Renata Ribeiro de Araújo
Nilton Nobuhiro Imai

Resumo

O objetivo deste trabalho foi de classificar regiões conforme o grau de fragilidade do meio físico na região do manancial do Rio Santo Anastácio/SP, por meio de técnicas de geoprocessamento e validação de campo. Com dados de natureza física do ambiente foi criado um banco de dados no programa Spring 5.2 com os planos de informações: uso e cobertura da terra, distância ao curso d'água e declividade foram elaborados dois mapas sínteses de instabilidade ambiental um com o processo analítico hierárquico (AHP) e outro baseado na abordagem Fuzzy gama. Os resultados mostraram que, para o estudo de caso, o processo analítico hierárquico (AHP) produziu resultados com maior aderência com a realidade observada no campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
GONÇALVES, S. R. A.; DE ARAÚJO, R. R.; IMAI, N. N. MAPEAMENTO DO GRAU DE FRAGILIDADE COM PROCESSO ANALÍTICO HIERÁRQUICO E OPERADORES FUZZY GAMA NA DETECÇÃO ÁREAS DE FRAGILIDADE AMBIENTAL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 2, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44398. Acesso em: 18 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Stela Rosa Amaral Gonçalves, Unesp - Campus de Presidente Prudente

Engenheira Ambiental e Mestranda no programada de Pós graduação em Ciencias Cartográficas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)