COMPARAÇÃO ENTRE MÉTODOS EMPÍRICOS PARA ESTIMATIVA DA CONCENTRAÇÃO DE CLOROFILA-A EM RESERVATÓRIOS EM CASCATA (RIO TIETÊ, SÃO PAULO)

Conteúdo do artigo principal

Thanan Walesza Pequeno Rodrigues
Enner Herênio Alcântara
Fernanda Sayuri Yoshino Watanabe
Luiz Henrique da Silva Rotta
Nilton Nobuhiro Imai
Marcelo Pedroso Curtarelli
Cláudio Clemente Faria Barbosa

Resumo

A utilização de modelos bio-ópticos com o intuito de estimar a concentração de cloroï¬la (Chl-a) em águas do caso 2 tem sido amplamente estudados dentro do sensoriamento remoto, uma vez que esse parâmetro é determinante para a compreensão da qualidade de água. A abordagem empírica foi utilizada em dois reservatórios, com parâmetros limnológicos distintos, e o desempenho dos modelos comparados. Para isso, foram coletadas amostras de água e medidas radiométricas nos reservatórios de Nova Avanhandavan (Nav) e Barra Bonita (BB) localizados no rio Tietê, estado de São Paulo. Dos 20 pontos coletados em Nav, 13 foram aplicados na calibração dos modelos e 7 na validação; enquanto que em BB, 12 pontos foram utilizados para calibração e 8 para validação. As amostras de água foram obtidas para dar suporte às análises laboratoriais visando determinar a concentração de Chl-a por meio da extração em acetona 90%. Foram comparados modelos utilizando primeira e segunda derivadas, duas bandas, sendo uma localizada na região do azul e outra no verde e três bandas baseadas na região espectral do vermelho e infravermelho próximo. Além desses, foi aplicado o índice de Cloroï¬la da Diferença Normalizada (NDCI - Normalized Difference Chlorophyll Index) e uma razão de bandas, denominada TWICE, ajustada por meio da ferramenta web ICE (Interactive Correlation Environment). Com base nos resultados foi observado que o modelo que obteve menor erro associado a estimativa da concentração de Chl-a em Nav foi o TWICE, com ajuste linear (RMSE = 2,89 μg/L; ε = 46,48% e δ = 0,45), e para BB o modelo de duas bandas (2BD) com ajuste polinomial (RMSE = 37,49 μg/L; ε = 42,36% e δ = -1,97).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
RODRIGUES, T. W. P.; ALCÂNTARA, E. H.; WATANABE, F. S. Y.; ROTTA, L. H. da S.; IMAI, N. N.; CURTARELLI, M. P.; BARBOSA, C. C. F. COMPARAÇÃO ENTRE MÉTODOS EMPÍRICOS PARA ESTIMATIVA DA CONCENTRAÇÃO DE CLOROFILA-A EM RESERVATÓRIOS EM CASCATA (RIO TIETÊ, SÃO PAULO). Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 1, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44479. Acesso em: 16 ago. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Thanan Walesza Pequeno Rodrigues, Universidade Estadual Paulista

Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Cartografia,

Enner Herênio Alcântara, Universidade Estadual Paulista

Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Cartografia

Fernanda Sayuri Yoshino Watanabe, Universidade Estadual Paulista

Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Cartografia

Luiz Henrique da Silva Rotta, Universidade Estadual Paulista

Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Cartografia

Nilton Nobuhiro Imai, Universidade Estadual Paulista

Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Cartografia

Marcelo Pedroso Curtarelli, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Coordenação Geral de Observação da Terra Divisão de Sensoriamento Remoto

Cláudio Clemente Faria Barbosa, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Diretoria de Observação da Terra

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>