A retomada da vibrante em coda final em ambientes on-line e off-line: a internet influenciou a escrita dos alunos

Autores

  • Gean Nunes Damulakis Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Verônica Tozzo Queiroz Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v32n2a2016-4

Palavras-chave:

Linguística Aplicada, Variação, continuum fala escrita

Resumo

Este estudo tem foco no cancelamento da vibrante em coda final de palavra na escrita de escolares e investiga a possibilidade de espelhamento da fala. Trata-se aqui da consciência da díade fala e escrita que os noviços em processo de letramento devem apresentar, tanto mais rápido melhor, de modo a evitar erros ortográficos provenientes de fenômenos variáveis na fala, ainda que sejam comuns e não estejam, muitas vezes, sujeitos a estigmas. Partindo dos resultados de Queiroz (2016), debruça-se aqui sobre interações entre os alunos por meio digital - mais precisamente através do aplicativo WhatsApp em um comparativo com a escrita em suporte tradicional. O intuito é confrontar dois ambientes nos quais a escrita dos alunos se concretiza, o ambiente on-line e o off-line, para responder à pergunta de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-31

Como Citar

DAMULAKIS, G. N.; QUEIROZ, V. T. A retomada da vibrante em coda final em ambientes on-line e off-line: a internet influenciou a escrita dos alunos. Letras & Letras, [S. l.], v. 32, n. 2, p. 64–82, 2016. DOI: 10.14393/LL63-v32n2a2016-4. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/35082. Acesso em: 11 ago. 2022.