CARVALHO, Maria Cecília M. de (org), A filosofia analítica no Brasil. Campinas, Papirus, 1995, 250 p.

Autores

  • Bento Itamar Borges Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v10n19a1996-978

Palavras-chave:

Resenha, Filosofia, Filosofia analítica no Brasil

Resumo

 "Ludwig Wittgenstein é um cabeça oca"(p.48). Esta afirmação poderia ter sido feita por um neurocirurgião que, seguindo a suposição do próprio Wittgenstein, houvesse feito uma operação no crânio do filósofo. Em Sobre a certeza (Über Gewissheit), Wittgenstein apresenta objeções aparentemente descabidas e esdrúxulas às ideias de Moore, que saiu em defesa do senso-comum. Diz Wittgenstein: “(... ) Mas que pensar de uma proposição como: 'Sei que tenho um cérebro'? Posso pô-la em dúvida? Tudo é a seu favor, nada contra. Contudo, pode imaginar-se que o meu crânio aparecesse vazio quando fosse operado." (Prop.4) 

Se Moore se compromete com a existência de proposições auto evidentes, que podem ser apreendidas intuitivamente, embora não possam ser provadas, é o assunto do segundo artigo desta coletânea, intitulado "A importância do senso-comum", de Mário A. L Guerreiro. Tanto Moore, em 1925, quanto Guerreiro, em 1995, estão defendendo algumas certezas do senso-comum e da filosofia do senso-comum contra certos absurdos, que se constroem justamente onde o pensamento sofisticado efetuou uma ruptura radical com o senso-comum. Após analisar objeções ao projeto de Moore, o artigo de Guerreiro conclui secamente com esta elegante profissão de fé: "De qualquer modo, não estamos dispostos a renunciar à certeza de que temos duas mãos com cinco dedos em cada uma. Se alguém tem alguma dúvida quanto a isto, pode se aproximar e verificar que minhas mãos não são de matéria plástica nem de madeira. "(p.49) [...]

Palavras-chave: Resenha; Filosofia; Filosofia analítica no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bento Itamar Borges, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia

Referências

CARVALHO, Maria Cecília M. de (org), A filosofia analítica no Brasil. Campinas, Papirus, 1995, 250 p.

Downloads

Publicado

2008-10-22

Como Citar

BORGES, B. I. CARVALHO, Maria Cecília M. de (org), A filosofia analítica no Brasil. Campinas, Papirus, 1995, 250 p. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 10, n. 19, p. 189–194, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v10n19a1996-978. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/978. Acesso em: 24 fev. 2024.