O Ensino de Filosofia: uma via para emancipação, criticidade e autonomia do educando

Autores

  • Vinicius Britto Moraes Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v37n79a2023-66784

Palavras-chave:

Educação, Ensino de Filosofia, Autonomia, Princípios da Educação Online, Emancipação

Resumo

Resumo: neste artigo, apresenta-se um prelúdio de ideias e vivências acerca da importância do ensino de Filosofia, apontando também para um caminho, onde, a partir de experiências e estudos, acredita-se que esse ensino possa ser melhor conduzido. Assim, como escopo, busca-se desenvolver breves considerações em torno da premissa de que o ensino de filosofia, este sendo aplicado em um novo paradigma educacional, pode ser uma via profícua para o processo de emancipação, esclarecimento (aufklarung) e autonomia do indivíduo. Nessa medida, o artigo terá como referência o ensaio “O que é esclarecimento” de Immanuel Kant, a obra “Educação e emancipação” de Theodor Adorno, e do artigo “O ensino de filosofia e a questão da emancipação” do comentador Walter Omar Kohan, entre outros textos de apoio. Por fim, buscaremos fazer uma correlação entre o ensino de Filosofia, seu potencial crítico-emancipador e o modelo de educação a distância, procurando destacar as possibilidades a serem abordadas dentro desse novo paradigma pedagógico, que, como mostraremos, apresenta inúmeras potencialidades a serem utilizadas no demandado processo de transformação da educação explorado no texto.

Palavras-chave: Educação; Ensino de Filosofia; Autonomia; Princípios da Educação Online; Emancipação.

Teaching philosophy: a path to emancipation, criticity and autonomy of the student 

Abstract: in this article, a prelude to ideas and experiences about the importance of Philosophy Teaching is presented, also pointing to a path where, based on experiences and studies, it is believed that this teaching can be better conducted. Thus, as a scope, we seek to develop brief considerations around the premise that the teaching of philosophy, being applied in a new educational paradigm, can be a fruitful way for the process of emancipation, enlightenment (aufklarung) and autonomy of the individual. To that extent, the article will have as reference the use of Kant’s essay “which is enlightenment”, of Adorno’s work “Education and emancipation”, by the commentator Walter Omar Kohan, in his article “The teaching of philosophy and the question of emancipation” , among other supporting texts. Finally, we will try to make a correlation between Philosophy teaching, its critical-emancipating potential and the distance education model, trying to highlight the possibilities to be addressed within this new pedagogical paradigm, which, as we will show, presents countless potentialities to be used in the demanded process of transformation of education explored in the text.

Keywords: Education; Teaching Philosophy; Autonomy; Principles of Online Education; Emancipation.

La enseñanza de la filosofía: un camino hacia la emancipación, crítica y la autonomía del estudiante

Resumen: en este artículo se presenta un preludio de ideas y experiencias sobre la importancia de la Enseñanza de la Filosofía, señalando también un camino donde, a partir de experiencias y estudios, se cree que esta enseñanza puede ser mejor conducida. Así, como alcance, buscamos desarrollar breves consideraciones en torno a la premisa de que la enseñanza de la filosofía, siendo aplicada en un nuevo paradigma educativo, puede ser un camino fecundo para el proceso de emancipación, esclarecimiento (Aufklarung) y autonomía del individuo. En esa medida, el artículo tendrá como referencia el uso del ensayo de Kant “que es la ilustración”, de la obra de Adorno “Educación y emancipación”, del comentarista Walter Omar Kohan, en su artículo “La enseñanza de la filosofía y la cuestión de la emancipación”. ”, entre otros textos de apoyo. Finalmente, buscaremos hacer una correlación entre la enseñanza de la filosofía, su potencial crítico-emancipador y el modelo de educación a distancia, buscando destacar las posibilidades a ser abordadas dentro de este nuevo paradigma pedagógico, que, como mostraremos, presenta innumerables potencialidades a ser utilizadas en el demandado proceso de transformación de la educación explorado en el texto. 

Palabras clave: Educación; Enseñanza de la Filosofía; Autonomía; Principios de Educación en Línea; Emancipación. 

Data de registro: 23/08/2022

Data de aceite: 13/12/2022

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Britto Moraes, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

* Doutorando em Filosofia pelo PPGFil da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Filosofia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel).                                      E-mail: vinicius_britto.moraes@hotmail.com. Lattes: http://lattes.cnpq.br/7680551135024922.  

[1] Pesquisa desenvolvida com fomento da FAPESC.

Referências

ADORNO, Theodor Ludwig Wiesengrund. Educação e Emancipação. São Paulo: Paz e Terra, 1995.

BRETON, Philippe. História da informática. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1991.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1970.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários a prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2004.

KOHAN, Walter O. O ensino de filosofia e a questão da emancipação. In: CORNELI, Gabriele; CARVALHO, Marcelo; DANELON, Márcio (Coords.). Filosofia: ensino médio. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2010.

PIMENTEL, Mariano. Do livro impresso ao weblivro: experiências de um professor-pesquisador-autor na cibercultura. In: PORTO, Cristiane; SANTOS, Edméa (Org.). O livro na cibercultura. Santos: Editora Universitária Leopoldianum, 2019.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Emílio ou Da educação. Trad. Roberto Leal Ferreira. 3 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

ROGERS, Carl R. Liberdade para Aprender. 2 ed. Belo Horizonte: Interlivros, 1973.

PIMENTEL, Mariano; CARVALHO, Felipe da Silva Ponte. Princípios da Educação Online: para sua aula não ficar massiva nem maçante! SBC Horizontes, maio 2020. Disponível em: http://horizontes.sbc.org.br/index.php/2020/05/23/principios-educacao-online. Acesso em: 1 out 2020.

KANT, Immanuel. Opúsculo: Resposta a pergunta "Que é esclarecimento?" (was ist aufklärung). 1784. Disponível em: http://www.lusosofia.net/textos/kant_o_iluminismo_1784.pdf. Acesso em: 28 nov. 2020.

"La educacion prohibida", 2012. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=8o-_PkuaueM Acesso em: 1 out. 2020.

Downloads

Publicado

2023-07-31

Como Citar

BRITTO MORAES, V. O Ensino de Filosofia: uma via para emancipação, criticidade e autonomia do educando. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 37, n. 79, p. 577–598, 2023. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v37n79a2023-66784. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/66784. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos