Apresentação - Dossiê Perspectivas da Filosofia Intercultural

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v33n69a2019-58697

Palavras-chave:

Filosofia intercultural

Resumo

Não há mais como pensar as questões filosóficas fundamentais, e o modo com que elas afetam a nossa compreensão do nosso mundo, de seus problemas e de seus dilemas, sem pensar a filosofia para além de uma visão eurocêntrica e colonialista da mesma. É com essa perspectiva em mente que esse dossiê foi feito, visando mostrar como uma abordagem intercultural na filosofia é fundamental para se refletir sobre questões fundamentais da atualidade, tais como a relação entre tradição e modernidade na China contemporânea (questão discutida pelos artigos de Florentino, Monteiro e Xiaodong); e o papel da transdisciplinariedade na constituição de uma concepção de conhecimento e de um ensino do mesmo que fujam à hiperespecialização e fragmentação modernas (que é discutido pelo artigo de Gibbs). Além disso, o dossiê também conta com artigos que mostram como fazer filosofia interculturalmente não significa negar o papel, a relevância ou a complexidade da filosofia “ocidental” e de suas ramificações; pelo contrário, significa tanto entender bem onde tradições não-ocidentais de filosofia, como as da Escola de Kyoto, têm uma relação central e indispensável com alguns dos principais pilares da filosofia “ocidental” (tal como mostra o artigo de Zavala), como também compreender o quanto a própria filosofía ocidental deve ser estudada e compreendida em toda a sua complexidade e profundidade, a fim de que se possa de fato não apenas pensar contra ela, onde ela se mostra “monológica”, mas também reconhecer o quanto ela é em si mesma plural, complexa e diversa, contendo tensões e dissidências em si mesma que permitem pensar, com ela, para além dela (algo para que o artigo de Müller é de especial importância, ao expor de maneira detalhada e cuidadosa o modo com que Hegel simultáneamente adere e crítica ao mesmo tempo o projeto político moderno de fundar a sociedade na vontade livre humana). Tendo essa visão geral da proposta deste dossiê em mente, torna-se pertinente agora esmiuçar mais detalhadamente a contribuição individual de cada artigo para esta coletânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Florentino Neto, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Doutor em Filosofia pela Freie Universität Berlin. Pesquisador do GEBC-Unicamp e Professor Colaborador do Programa de Doutorado em Ciências Sociais da Unicamp – área Brasil China.    E-mail: aneto@unicamp.br   ORCID: https://orcid.org/0000-0002-0304-8929

Lucas Nascimento Machado, Universidade de São Paulo (USP)

Doutor em filosofia pela Universidade de São Paulo – USP. Email:  lucasmachado47@gmail.com  ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7578-4183

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

Florentino Neto, A. ., & Machado, L. N. . (2020). Apresentação - Dossiê Perspectivas da Filosofia Intercultural. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 33(69), 1099–1108. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v33n69a2019-58697

Edição

Seção

Dossiê Perspectivas da Filosofia Intercultural