A cultura organizacional real e idealizada de Faculdades de Licenciatura e a percepção de suas práticas e qualidades

Autores

  • José Augusto Dela Coleta Centro Universitário do Triângulo (UNITRI)
  • Marília Ferreira Dela Coleta Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Simão Pedro de Lima Faculdades Integradas de Patricínio

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v19n37a2005-568

Palavras-chave:

Cultura organizacional, Educação superior, Práticas e qualidade da educação

Resumo

Baseando-se nos estudos de Geert Hofstede, este trabalho teve como objetivos: determinar a percepção de alunos e professores da existência e idealização da presença de oito fatores da cultura organizacional em três faculdades do interior do Brasil, comparar a cultura real percebida com a cultura idealizada nestas instituições, relacionar os traços culturais dominantes nestas faculdades com suas práticas administrativas e pedagógicas. Participaram do estudo 538 sujeitos, professores e alunos, que responderam uma série de inventários e escalas. Os resultados mostraram que os fatores Orientação Afiliativa, Evitar Incerteza, Orientação para Realização e Orientação para o Futuro são significativamente percebidos como mais presentes nas três faculdades. As faculdades melhor avaliadas e com melhores perspectivas futuras são aquelas com alta tendência em Evitar a Incerteza, alta Orientação para a Afiliação, Orientação para o Futuro, Orientação para a Realização e baixos níveis de Assertividade, Individualismo, Masculinidade e Distância do Poder.

Palavras-chave: cultura organizacional, educação superior, práticas e qualidade da educação.

 

Abstract: Based on the studies of Geert Hofstede, this work had the following objectives: to determinate the perceptions of students and professors related to the presence and the ideal of eight dimensions of the organizational culture at three college schools in Brazil's inland; to compare the perceived real culture with the idealized culture of these Institutions; and to correlate the main cultural characteristics of those schools with their administrative and educational practices. A sample of 538 subjects participated in this study, among students and professors, answering some scales and inventories. The results showed that the dimensions affiliation orientation, uncertainty avoidance, achievement orientation, and future orientation are Significantly perceived as the most important in the three schools. The best evaluated schools and the schools viewed as with the best perspectives in the future are those with high tendency to avoid uncertainty, high affiliation orientation, future orientation, achievement orientation, and low levels of assertiveness, individualism, masculinity, and power distance.

Keywords: Organizational culture, College, Practices and quality of education.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Augusto Dela Coleta, Centro Universitário do Triângulo (UNITRI)

Doutor em Psicologia social e professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Superior da UNITRI.

Marília Ferreira Dela Coleta, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Doutora em Psicologia social e professora do curso de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFU.

Simão Pedro de Lima, Faculdades Integradas de Patricínio

Mestre em Educação Superior e Professor das Faculdades Integradas de Patrocínio.

Referências

DELA COLETA, José Augusto; DELA COLETA, Marilia Ferreira. Caracteristicas del liderazgo en Brasil: hallazgos del Proyecto GLOBE. In: 7 Encuentro Venezolano sobre Motivación. Memorias EVEMO 7. Mérida: ROGYA, C. A, 1988. p. 121-125.

HOFSTEDE, Geert. Culture's consequences: International differences in work-related value. London: Sage Publications, 1984.

HOFSTEDE, Geert. Culturas e Organizações - Compreender a Nossa Programação Mental. Lisboa: Edições Sílabo, 1997.

HOUSE, Robert J; HANGES, Paul J; RUIZ-QUINTANILLA, S A; DORFMAN, P W; JAVIDAN, M; DICKSON, M W; GUPTA, V; DELA COLETA, J. A.; DELA COLETA, M. F. Cultural influences on leadership and Organizations: Project GLOBE. In: Mobley, William H.; Gessner, M. Jocelyne; Arnold, Val. (Org.). Advances in Global Leadership. Stanford: Jai Press, v. 1, 1999. p. 171-233.

LIMA, Simão Pedro. Cultura Organizacional real e idealizada de faculdades de licenciatura e práticas administrativo-pedagógicas. 251 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro Universitário do Triângulo, Uberlândia, 2001.

OGLIASTRI E. e outros. Cultura y liderazgo organizacional em 10 países de América Latina. El estudio GLOBE. Revista Latino Americana de Administración, Colombia, n. 22, p. 29-57, 1999.

ROBBINS, Stephen P. Comportamento Organizacional, 8a ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S/ A LTC, 1998.

SCHEIN, Edgar H. Organizational Culture and Leadership. San Francisco: Jossey-Bass Publishers, 1992.

SMIRCICH, L. Concepts of Culture and Organizational Analysis. Administrative Science Quarterly, v. 28, p.339-358, 1983. https://doi.org/10.2307/2392246

TAVARES, Maria das Graças P. Cultura Organizacional - Uma Abordagem Antropológica da Mudança. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1999.

ZIEMER, R. Mitos Organizacionais - O Poder Invisível na Vida das Empresas. São Paulo: Atlas, 1996.

Downloads

Publicado

2008-07-04

Como Citar

COLETA, J. A. D.; COLETA, M. F. D.; DE LIMA, S. P. A cultura organizacional real e idealizada de Faculdades de Licenciatura e a percepção de suas práticas e qualidades. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 19, n. 37, p. 51–67, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v19n37a2005-568. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/568. Acesso em: 21 jul. 2024.