A diferença como valor humano:

Ensaio sobre as contribuições do pensamento de Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze e Homi Bhabha para o Paradigma da Inclusão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v34n71a2020-50642

Palavras-chave:

Inclusão, Diferença, Educação, Descolonização

Resumo

A diferença como valor humano: Ensaio sobre as contribuições do pensamento de Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze e Homi Bhabha para o Paradigma da Inclusão

Resumo: A economia e a particularização marcam a sociedade contemporânea como importantes vetores para a ampliação das desigualdades sociais e produção de variados mecanismos de exclusão social. A diferença é parâmetro para categorizar e apartar pessoas à invisibilidade social. O presente ensaio tem como objetivo o diálogo junto aos autores Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze e Homi Bhabha e seus respectivos pensamentos como contributores para o entendimento da diferença como valor humano no contexto do paradigma da inclusão. Nos caminhos e entre-lugares da descolonização de nosso ser, é preciso desnaturalizar as barbáries produzidas pelo colonizador e aceitar as diferenças como próprias da espécie humana para a (re)invenção de nossa educação e sociedade.
Palavras-chave: Inclusão; Diferença; Educação; Descolonização.

DIFFERENCE AS HUMAN VALUE: Essay on the contributions of the thoughts of Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze and Homi Bhabha to the Inclusion Paradigm

Abstract: Economics and particularization mark contemporary society as important vectors for widening social inequalities and producing various mechanisms of social exclusion. The difference is a parameter to categorize and separate people to social invisibility. This essay aims to dialogue with the authors Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze and Homi Bhabha and their respective thoughts as contributors to the understanding of difference as a human value in the context of the inclusion paradigm. In the ways and places between the decolonization of our being, we must denaturalize the barbarism produced by the colonizer and accept the differences as proper to the human species for the (re)invention of our education and society.
Keywords: Inclusion; Difference; Education; Decolonization.

DIFERENCIA COMO VALOR HUMANO: Ensayo sobre las contribuciones de los pensamientos de Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze y Homi Bhabha al paradigma de la inclusión

Resumen: La economía y la particularización marcan a la sociedad contemporánea como vectores importantes para ampliar las desigualdades sociales y producir diversos mecanismos de exclusión social. La diferencia es un parámetro para clasificar y separar a las personas de la invisibilidad social. Este ensayo tiene como objetivo dialogar con los autores Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze y Homi Bhabha y sus respectivos pensamientos como contribuyentes a la comprensión de la diferencia como un valor humano en el contexto del paradigma de inclusión. En los modos y lugares entre la descolonización de nuestro ser, debemos desnaturalizar la barbarie producida por el colonizador y aceptar las diferencias como propias de la especie humana para la (re)invención de nuestra educación y sociedad.
Palabras clave: Inclusión; Diferencia; Educación; Descolonización.

Data de registro: 21/09/2019
Data de aceite: 22/07/2020

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sílvia Ester Orrú, Universidade de Brasília (UnB)

Doutora em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Professora da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (UnB). E-mail: seorru7@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4672-0471

Referências

BHABHA, H. K. O local da cultura. Tradução de Myriam Ávila; Eliana Lourenço de Lima Reis e Gláucia Renate Gonçalves. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

DELEUZE, G. Diferença e Repetição. Tradução de Luiz Orlandi e Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

DELEUZE, G. A ilha deserta e outros textos. Tradução de David Lapoujade. São Paulo: Iluminuras, 2004.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é a filosofia? Tradução de Bento Prado Jr e Alberto Alonso Muñoz. São Paulo: 34, 1992.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Kafka: por uma literatura menor. Tradução de Rafael Godinho. Lisboa: Minuit, 2003.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O anti-édipo – capitalismo e esquizofrenia 1. Tradução de Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: 34, 2010.

FANON, F. Os condenados da terra. Juiz de Fora: UFJF, 2005.

NYE, C. O 'pior campo de refugiados do mundo', onde até crianças tentam o suicídio. BBC, 30 agosto 2018. Disponivel em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45350156>.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). Enviado da ONU defende acesso à educação para crianças refugiadas e em situação de conflito. Nacoesunidas.org, 20 fevereiro 2019. Disponivel em: <https://nacoesunidas.org/enviado-da-onu-defende-acesso-a-educacao-para-criancas-refugiadas-e-em-situacao-de-conflito/>.

ORRÚ, S. E. O Re-inventar da Inclusão: os desafios da diferença no processo de ensinar e aprender. Rio de Janeiro: Vozes, 2017.

SANTOS, B. D. S. Para uma sociologia das ausências e das emergências. Revista Crítica de Ciências Sociais, Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Centro de Estudos Sociais, n. 63, p. 237-280, Outubro 2002. https://doi.org/10.4000/rccs.1285

SANTOS, B. D. S. Para uma sociologia das ausências e uma sociologia das emergências. Revista Crítica de Ciências Sociais, Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Centro de Estudos Sociais, n. 63, p. 237-280, Outubro 2002. https://doi.org/10.4000/rccs.1285

SANTOS, B. D. S. Boaventura de Sousa Santos fala sobre 'Rap Global'. O Globo, São Paulo, 24 julho 2010. Disponivel em: <https://blogs.oglobo.globo.com/prosa/post/boaventura-de-sousa-santos-fala-sobre-rap-global-310530.html>.

SANTOS, B. D. S. O Colonialismo e o século XXI. Fiocruz, 06 abril 2018. Disponivel em: <http://www.cee.fiocruz.br/?q=boaventura-o-colonialismo-e-o-seculo-xxi>.

SANTOS, B. S. Toward a New Common Sense: Law, Science and Politics in the Paradigmatic Transition. New York: Routledge, 1995.

SANTOS, B. S. Renovar la teoría crítica y reinventar la emancipación social. Buenos Aires: CLASCO, 2006.

SANTOS, B. S. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. Novos Estudos, São Paulo, novembro 2007. 71-94. https://doi.org/10.1590/S0101-33002007000300004

SANTOS, B. S.; MENESES, P. Epistemologias do Sul. Coimbra: Almedina/CES, janeiro, 2009.

SANTOS, B. S.; NUNES, J. A. Introdução: para ampliar o cânone do reconhecimento, da diferença e da igualdade. In: SANTOS, S. Reconhecer para libertar: os caminhos do cosmopolitismo multicultural. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003. p. 25-68.

Downloads

Publicado

2021-02-27

Como Citar

Orrú, S. E. (2021). A diferença como valor humano: : Ensaio sobre as contribuições do pensamento de Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze e Homi Bhabha para o Paradigma da Inclusão. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 34(71), 727–764. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v34n71a2020-50642