Como nasce o novo

Resenha

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v33n69a2019-50122

Palavras-chave:

Hegel, Fenomenologia, Marcos Nobre

Resumo

[...] Como nasce o Novo, lançado em 2018 pela editora Todavia, de autoria de Marcos Nobre. O livro é um trabalho raro de tradução e exegese de um trecho central de um clássico da Filosofia alemã e mundial, Fenomenologia do Espírito, de G. W. F. Hegel. Esta obra pode interessar tanto ao leitor inicial (desde que previamente ciente das dificuldades da empreitada) quanto ao especialista no sentido estrito do termo.

A obra se divide em ao menos três partes principais, 1) uma “Apresentação” de toda a problemática envolvida nesta obra fundamental de Hegel; 2) A tradução da Introdução à Fenomenologia do Espírito, que se faz acompanhar do texto original, sinopticamente disposto; 3) a Análise e comentário do texto, que é completada com a divisão esquemática do texto e com quadros sinópticos da divisão proposta, bem como de uma tábua de termos da tradução adotada. Em cada uma dessas partes, Marcos Nobre explicita seu método e deixa ao leitor opções para seguir ou não os passos do autor, isto é, há um “Manual de instruções” em cada uma das etapas, tornando a obra bastante democrática e aberta.

O livro nos é apresentado já mediante a polêmica, ao que tudo indica infindável, a respeito do “lugar” da Fenomenologia do Espírito na organização sistemática da obra de Hegel. O trabalho minucioso de Marcos Nobre expõe todas as jogadas possíveis desse jogo aberto; realça nuances extremamente sutis entre as interpretações, e consegue fazer o leitor ter a certeza de que só está na largada de uma longa viagem. [...]

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hélio Ázara de Oliveira, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)

Doutor em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor de Filosofia na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). E-mail: helioazara@hotmail.com   ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7983-9882

Referências

Nobre, M. Como nasce o novo, São Paulo, Todavia, 2018.

Downloads

Publicado

2021-01-11

Como Citar

Ázara de Oliveira, H. (2021). Como nasce o novo: Resenha. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 33(69), 1695–1701. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v33n69a2019-50122