Meios visuais e desenvolvimento do pensamento no processo de ensino: contribuições da teoria de Vigotski

Autores

  • Ruben de Oliveira Nascimento Professor de Psicologia da Educação do Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v29n57a2015-p95a123

Palavras-chave:

Comunicação verbal. Recursos visuais. Pensamento. Vigotski.

Resumo

[1] Este trabalho inclui alguns dados extraídos da tese de doutorado do autor, sob a orientação da Profa. Dra Andréa Maturano Longarezi. Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia - PPGED/UFU.

*Doutor em Educação Escolar pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia - FACED/UFU. Professor de Psicologia da Educação do Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia - IP/UFU.

Meios visuais e desenvolvimento do pensamento no processo de ensino: contribuições da teoria de Vigotski

Resumo: Esse trabalho aborda contribuições de Lev Vigotski sobre o uso de meios visuais no processo de ensino, examinando suas implicações para o desenvolvimento do pensamento do estudante. As análises de Vigotski são consideradas no contexto do debate psicológico e pedagógico desenvolvido na educação russa de seu tempo e revelam fundamentos de sua teoria psicológica. As contribuições de Vigotski abordadas nesse trabalho mostram discussões psicológicas e didáticas relevantes para se pensar esses temas no processo educativo atual.

Palavras-chave: Comunicação verbal. Recursos visuais. Pensamento. Vigotski.

Meios visuais e desenvolvimento do pensamento no processo de ensino: contribuições da teoria de Vigotski

Abstract: This paper approaches contributions of Lev Vygotsky on the use of visual aids in the learning process, examining their implications on the development of students thinking. Vygotsky analyzes are considered in the context of psychological and pedagogical debate developed in the Russian education of his time and reveal psychological foundations of his theory. The contributions of Vygotsky addressed in this paper show significant psychological and didactic discussions to think about these issues in the current educational process.

Keywords: Verbal communication. Visual resources. Thought. Vygotsky.

Data de registro: 08/10/2014

Data de aceite: 22/04/2015

Referências:

BOGOYAVLENSKY, D. N.; MENCHINSKAYA, N. A. La psicología del aprendizaje desde 1900 a 1960. In: LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N.; VIGOTSKY, L. S. Psicología y pedagogia. Tradução do italiano por Maria Esther Benítez. Madrid: Ediciones Akal, 2011, parte II, p. 119-188.

CECCHINI, M. Introducción. In: LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N.; VIGOTSKY, L. S. Psicología y pedagogia. Tradução do italiano por Maria Esther Benítez. Madrid: Ediciones Akal, 2011, p. 7-20.

CHATELET, F. Logos e práxis. Tradução de Roland Corbisier. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1972.

CHEPTULIN, A. A dialética materialista: categorias e leis da dialética. Tradução de Leda Rita Cintra Ferraz. São Paulo: Editora Alfa-Omega, 2004.

GOLDNER, B. B. La estrategia del pensamiento creador. Tradução de Jorge Gomez de Silva. Cidade do México: Cia Editora Continental, 1964.

COLL, C.; ENGEL, A.; BUSTOS, A. Os ambientes virtuais de aprendizagem baseados na representação visual do conhecimento. In: COLL, C.;

MONEREO, C. (Org.). Psicologia da educação virtual. Tradução de Naila Freitas. Porto Alegre: Artes Médicas, 2010, p. 226-244.

DELARI JUNIOR, A. Traduções Publicadas no Brasil (1984-2010). Revista Educação - Lev Vigotski: o legado de um pesquisador que revolucionou o estudo do desenvolvimento humano, São Paulo, n. 2, p. 76-89, Ago. 2010.

FREITAS, N. K. Desenvolvimento humano, organização funcional do cérebro e aprendizagem no pensamento de Luria e de Vygotsky. Revista Ciência & Cognição, Rio de Janeiro, v. 9, p. 91-96, Nov. 2006.

HEBB, D. O. Introdução à psicologia. Tradução de Antonio Gomes Penna. Rio de Janeiro: Livraria Atheneu, 1971.

JOJA, A. A lógica dialética: a dialética materialista e a ciência contemporânea. Tradução de Eduardo Sucupira Filho. São Paulo: Fulgor, 1965.

KOSTIUK, G. S. El princípio del desarrollo en la psicología. In: ILIASOV, I. I.; LIAUDIS, V. Ya. Antología de la psicología pedagógica y de las edades. Tradução de Carmen Rordíguez Garcia. Habana: Editorial Pueblo y Educación, 1986.

KRUTETSKI, V. A. Psicología. Traduzido por A. N. Cherkásov. Moscou: VNESHTORGIZDAT, 1989.

LABORDE, A. L. P.; MOLON, S. I. Aforismos sobre a cultura: uma discussão acerca das representações simbólicas no pensamento de Vygotsky - reconhecendo percepções de educação ambiental. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental - REMEA, Rio Grande, v. 18, p. 163- 173, jan./jun. 2007.

LONGAREZI, A. M.; PUENTES, R. V. (Org.). Ensino desenvolvimental: vida, pensamento e obra dos principais representantes russos. Uberlândia: EDUFU, 2013.

LURIA, A. R. O homem com um mundo estilhaçado. Tradução de Lólio Lourenço de Oliveira. Petrópolis: Vozes, 2008a.

______. Desenvolvimento cognitivo. 5 ed. Tradução de Fernando Limongeli Gurgueira. São Paulo: Ãcone, 2008b.

______. Speech development and the formation of mental processes. In: COLE, M.; MALTZMAN, I. (Ed.). A handbook of contemporary Soviet Psychology. Traduzido do russo por Rosa Glickman, David G. Nichols, Elka Schuman e Lynn Solotaroff. New York: Basic Books, 1969. p. 121-162.

MAINARDES, J.; PINO, A. Publicações brasileiras na perspectiva vigotskiana. Educação & Sociedade, Campinas, ano XXI, n. 71, p. 255-269, Jul. 2000.

MIALARET, G. Psicologia da educação. Tradução de Paula Taipas. Lisboa: Instituto Piaget, 2000.

MOURA-NETO, V.; LENT, R. Como funciona o sistema nervoso. In: LENT, R. (Coord.). Neurociência da mente e do comportamento. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013. p. 61-88.

OLIVEIRA, M. K. de. Vygotsky: aprendizado e desenvolvimento - um processo sócio-histórico. 4. ed., São Paulo: Editora Scipione, 2003.

RIES, B. E. Sensação e percepção. In: RIES, B. E.; RODRIGUES, E. W. (Org.). Psicologia e educação: fundamentos e reflexões. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.

ROGOFF, B. A natureza cultural do desenvolvimento humano. Tradução de Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artes Médicas, 2005.

SILVA, F. G. da; DAVIS, C. Conceitos de Vigotski no Brasil: produção divulgada nos Cadernos de Pesquisa. Revista Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 34, n. 123, p. 633-661, Set./Dez. 2004.

SUÃREZ, M. E. S.; SERRA, D. G.; GONZÃLEZ, M. E. G.; ECHEVERRÃA, M. I. A. Teorías psicológicas y su influencia en la educación. 1 reimpr. Havana: Editorial Pueblo y Educación, 2011.

SPERLING, A. P. Introdução à psicologia. Tradução de Esméria Rovai. São Paulo: Pioneira, 1999.

VÃZQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. 2. ed., Tradução de Maria Encarnación Moya. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

VEGGETTI, M. S. El aprendizaje sócio-cultural de las matemáticas: el diseño y uso de mediadores instrumentales sociales. In: ÃLVAREZ, A. (Ed.). Hacia un currículum cultural: la vigencia de Vygotski en la educación. Tradução de Ana del Río. Madrid: Fundación Infancia y Aprendijaze, 1997. p. 77-90.

VIGOTSKI, L. S. Psicologia pedagógica. Edição comentada por Guilhermo Blanck. Tradução de Claudia Schilling. Porto Alegre: Artes Médicas, 2003.

______. Estudio del desarrollo de los conceptos científicos en la infancia. In: ______. Pensamiento y habla. Tradução para o espanhol por Alejandro Ariel González. Buenos Aires: Colihue, p. 265-422, 2012. Cap. 6.

______. El método instrumental en psicología. In: ______. Problemas teóricos y metodológicos de la psicología. Obras escogidas. Traduçao de José Maria Bravo. Madrid: Visor, tomo I, 1991. p. 65-70.

______. El problema del desarrollo de las funciones psíquicas superiores. In: ______. História del desarrollo de las funciones psíquicas superiores. Obras escogidas. Tradução de Lydia Kuper. Madrid: Visor, tomo III, 1995a, p. 11-46. Cap. 1,

______. Educación de las formas superiores de conducta. In: ______. História del desarrollo de las funciones psíquicas superiores. Obras escogidas. Tradução de Lydia Kuper. Madrid: Visor, tomo III, 1995b, p. 303-314. Cap. 13

______. Desarrollo de las operaciones aritméticas. In: ______. História del desarrollo de las funciones psíquicas superiores. Obras escogidas. Tradução de Lydia Kuper. Madrid: Visor, tomo III, 1995c, p. 207-212. Cap. 8.

______. Desarrollo del linguaje y del pensamiento. In: ______. História del desarrollo de las funciones psíquicas superiores. Obras escogidas. Tradução de Lydia Kuper. Madrid: Visor, tomo III, 1995d, p. 265-284. Cap. 11.

______. La percepción y su desarrollo en la edad infantil. In: ______. Conferencias sobre psicología. Obras escogidas. Tradução de José Maria Bravo. Madrid: Visor, tomo II, 2001, p. 351-368.

______. Desarrollo de las funciones psíquicas superiores en la edad de transición. In: ______. Psicología del adolescente. Obras escogidas. 2. ed., Tradução de Lydia Kuper. Madrid: Visor, tomo IV, 2006, p. 117-204.

______. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N.; VYGOTSKY, L. S. Psicologia e pedagogia: bases psicológicas da aprendizagem e do desenvolvimento. 4. ed., Tradução de Rubens Eduardo Frias. São Paulo: Centauro, 2007.

ZANKOV, L. V. Combinaciones de medios verbales y visuales en la enseñanza. In: LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N.; VIGOTSKY, L. S. Psicología y pedagogia. Tradução do italiano por Maria Esther Benítez. Madrid: Ediciones Akal, 2011, parte III, p. 269-287.

ZAPOROZHETS, A. V. Some of the psychological problems of sensory training in early child - hood and preschool period. In: COLE, M.; MALTZMAN, I. (Ed.). A Handbook of contemporary soviet psychology. Traduzido do russo por Rosa Glickman, David G. Nichols, Elka Schuman e Lynn Solotaroff. New York: Basic Books, 1969. p. 87-120.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruben de Oliveira Nascimento, Professor de Psicologia da Educação do Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia

Doutor em Educação Escolar pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia

Downloads

Publicado

2016-03-17

Como Citar

NASCIMENTO, R. de O. Meios visuais e desenvolvimento do pensamento no processo de ensino: contribuições da teoria de Vigotski. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 29, n. 57, p. 95–123, 2016. DOI: 10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v29n57a2015-p95a123. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/27893. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Fundamentos psicológicos e didáticos para o ensino com base na tradição russa