Ensaio em defesa da leveza, do sensível e da sensibilidade na pesquisa em educação

Autores

  • Valeska Maria Fortes de Oliveira Universidade Federal de Santa Maria
  • Monique da Silva Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v30n60a2016-p775a798

Palavras-chave:

Leveza, Sensível, Pesquisa em educação, Aprendizado ético-estético, Sensibilidade

Resumo

Resumo: Tomamos de empréstimo de Ítalo Calvino (1990) a primeira das suas seis propostas para o próximo milênio, a leveza, para pensarmos a questão do sensível e da sensibilidade na investigação educativa. O que propomos é refletir sobre uma possível mudança de ponto de vista na pesquisa em educação, sobre outra ótima, com outros recursos e possibilidades, com a leveza como centro desta ação. A leveza que pouco tem nos caracterizado pode constituir-se num desafio, numa condição para pensar num olhar investigativo sensível, atento aquilo que é percebido por um observador que se dá o tempo para a experiência. Um tempo para a experimentação e para a experiência formadora é condição para o aprendizado ético-afetivo, numa perspectiva spinozana. Na aprendizagem do que nos constitui, compreendendo os nossos afetos, propomos pensar a pesquisa em educação na dimensão do sensível.

Palavras-chave: Leveza; Sensível; Pesquisa em educação; Aprendizado ético-estético; Sensibilidade.

 

Essay on defense the lightness, of the sensible and sensibility in education research

Abstract: We Italo Calvino loan (1990) the first of its six proposals for the next millennium, lightness, to think the issue of sensitive and sensitivity in educational research. What we propose is to reflect on a possible change of perspective in educational research, on another great, with other features and possibilities, with lightness as the center of this action. The lightness that little has characterized us may be in a challenge in a condition to think of a sensitive investigative look, given what is perceived by an observer who takes the time to experience. A time for experimentation and the formative experience is a prerequisite for the ethical-emotional learning, a spinozana perspective. On learning of what constitutes us, including our emotions, we propose thinking educational research in the dimension of sensitive.

Keywords: Lightness; Sensible; Education research; Ethical-aesthetical; Sensibility.

 

Ensayo en defesa de la ligereza, lo sensible y la sensibilidad en la investigación en educación

Resumen: Hemos cogido prestado de Italo Calvino (1990), el primero de sus seis propuestas para el próximo milenio, la ligereza, a pensar el tema de la sensibilidade y la sensibilidad en la investigación educativa. Lo que proponemos es reflexionar sobre un posible cambio de perspectiva en la investigación educativa, en outro grande, con otras características y posibilidades, con ligereza como el centro de esta acción. La ligereza que poco nos ha caracterizado puede estar en un desafio en condiciones de pensar en un aspecto de investigación sensibles, teniendo em cuenta lo que se percibe por un observador que se toma el tiempo para experimentar. Un tiempo para la experimentación y la experiencia formativa es un requisito previo para el aprendizaje ético-emocional, una perspectiva spinozana. Al enterarse de lo que nos constituye, incluyendo nuestras emociones, se propone pensar la investigación educativa en la dimensión de la sensibilidade.

Palabras clave: Ligereza; Sensible; Investigación en la educación; Aprendizaje ético y estético; Sensibilidad.

 

Data de registro: 30/07/2014

Data de aceite: 09/06/2015

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valeska Maria Fortes de Oliveira, Universidade Federal de Santa Maria

Professora Associada do Departamento de Fundamentos da Educação da Universidade Federal de Santa Maria. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS.

Monique da Silva, Universidade Federal de Santa Maria

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professora do Instituto Federal Farroupilha - Campus Alegrete. 

Referências

AUSTRY, Didier. O tocante-tocado na relação com o sensível - Por uma filosofia do contato. In: BOIS, Danis; JOSSO, Marie-Christine; HUMPICH, Marc. (Org.). Sujeito sensível e renovação do eu. As contribuições da fasciaterapia e da somato-psicopedagogia. São Paulo: Paulus, 2008.

BACHELARD, Gaston. O novo espírito científico. Lisboa: Edições 70,1986.

BACHELARD, Gaston. A filosofia do não: filosofia do novo espírito científico. Lisboa: Presença, 1987.

BACHELARD, Gaston. A poética do devaneio. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

BARROS, Manoel de. Poesia completa. São Paulo: Leya, 2010.

CALVINO, Italo. Seis propostas para o próximo milênio. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

CASTORIADIS, Cornelius. A instituição imaginária da sociedade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

CASTORIADIS, Cornelius. Figuras do pensável: as encruzilhadas do labirinto. v. 6. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

CARROLL, Lewis. Alice no país das maravilhas. São Paulo: Editora Abril Cultural, 1972.

DAMÁSIO, António. Em busca de Espinosa: prazer e dor na ciência dos sentimentos. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

FERRY, Gilles. Pedagogia de la formación. Buenos Aires: Centro de Publicaciones Educativas y Material Didáctico, 2004.

HERMANN, Nadja. Autocriação e horizonte comum. Ensaios sobre educação ético-estética. Ijuí: UNIJUÃ, 2010.

JOSSO, Marie-Christine. O corpo biográfi co: corpo falado e corpo que fala. Educação e Realidade. Porto Alegre, v. 37, n. 1, p. 19-31, jan./abr. 2012.

MAFFESOLI, Michel. Elogio da razão sensível. Petrópolis: Vozes, 1998.

MERÇON, Juliana. Aprendizado ético-afetivo. Uma leitura spinoziana da educação. Campinas: Alínea, 2009.

OLIVEIRA, Valeska Fortes de. Dispositivo grupal e formação docente. Educere et educare. Revista da Educação, v. 6, n.11, p. 125-140, jul./dez. 2011.

OLIVEIRA, Valeska Fortes de. As interlocuções entre a pós-graduação e a educação básica, em tempos de reconstituição das relações ético-político-afetivas. In: RAMOS, Flávia Brocchetto; PAVIANI, Neires Maria Soldatelli; AZEVEDO, Tânia Maris de. (Org.). A pós-graduação e suas interlocuções com a educação básica: múltiplos olhares. [recurso eletrônico] Caxias do Sul: Educs, 2012.

SPINOZA, Benedictus de. Ética. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

Downloads

Publicado

2016-11-09

Como Citar

OLIVEIRA, V. M. F. de; SILVA, M. da. Ensaio em defesa da leveza, do sensível e da sensibilidade na pesquisa em educação. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 30, n. 60, p. 775–798, 2016. DOI: 10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v30n60a2016-p775a798. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/27287. Acesso em: 24 maio. 2024.