O PROFESSOR DE MEDICINA VETERINaRIA NA ÓTICA DE EX-ALUNOS

Autores

  • Regina Célia de Santis Feltran

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v20n40a2006-249

Palavras-chave:

Avaliação do professor, Sabedoria, Bom professor

Resumo

Esta é uma pesquisa de abordagem qualitativa, que se baseia nas teorias desenvolvimentistas, sobre avaliação do professor universitário na ótica de 32 ex-alunos de Medicina Veterinária, procedentes de 13 Estados brasileiros. Seu objetivo foi verificar se existem regularidades em torno das descrições do melhor professor evocado, daquele que se distingüiu dos demais, e se essas regularidades aproximam-se do que a literatura psicológica aponta conceitualmente como sabedoria. Foram utilizadas questões abertas, respondidas por escrito. Os resultados mostraram que as descrições do melhor professor apresentaram, no conjunto, elementos indicadores conceituais de sabedoria, significando que os docentes distinguem-se, pessoal e profissionalmente, na ajuda quanto ao desenvolvimento de seus alunos. Concordando com estudos na mesma temática, pode-se constatar que a validade do julgamento dos graduandos a respeito do professor permanece após o término do curso, para vários aspectos, dentre os quais a adequação de preparação, interesse, estimulação da curiosidade intelectual e atitude progressista. Esses e outros fatores descritos pelos ex-alunos compõem o perfil do professor que emana sabedoria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Regina Célia de Santis Feltran

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo e Professor do Curso de Mestrado em Educação Superior da UNITRI (Uberlândia-MG).

Downloads

Publicado

2008-03-27

Como Citar

Feltran, R. C. de S. (2008). O PROFESSOR DE MEDICINA VETERINaRIA NA ÓTICA DE EX-ALUNOS. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 20(40), 243–262. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v20n40a2006-249