PERCEPÇÃO E CONHECIMENTO NA APRENDIZAGEM INFANTIL A PARTIR DE ESCRITOS DE BENJAMIN

Autores

  • Anita Helena Schlesener UTP

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v24n48a2010-2033

Palavras-chave:

educação, infância, Walter Benjamin

Resumo

Este artigo desenvolve uma reflexão sobre alguns escritos de Walter Benjamin sobre mímesis e educação. Benjamin coloca em questão a educação burguesa e suas práticas e reflete sobre a visão da criança, distinta da experiência do adulto. O objetivo é acentuar como a criança realiza seu conhecimento do mundo com o exercício permanente da imaginação, da fantasia e da sensibilidade. Ao brincar a criança reorganiza o mundo e se identifica com ele. A criança não imita o mundo do adulto, mas inventa seu mundo quando brinca. A percepção infantil enquanto um processo de descoberta do mundo tem um aspecto revolucionário se considerada na educação das massas. Benjamin sugere uma pedagogia que não adapte às exigências do mundo adulto, mas que garanta para a criança a realização de sua infância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anita Helena Schlesener, UTP

Professora de Filosofia Política da UFPR (aposentada); professora do Programa de Pós-Graduaçao - Mestrado em Educação da Universidade Tuiuti do Paraná

Downloads

Publicado

2010-08-12

Como Citar

Schlesener, A. H. (2010). PERCEPÇÃO E CONHECIMENTO NA APRENDIZAGEM INFANTIL A PARTIR DE ESCRITOS DE BENJAMIN. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 24(48), 387–408. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v24n48a2010-2033