JEAN-JACQUES ROUSSEAU: TREZENTOS ANOS DE UM CAMINHANTE SOLITÁRIO

Autores

  • José Benedito de Almeida Júnior Universidade Federal de Uberlandia (Uberlândia, MG, Brasil)
  • Márcio Danelon

Resumo

O Conselho Editorial da Revista Educação & Filosofia tem a enorme satisfação de apresentar aos leitores deste periódico o dossiê Jean-Jacques Rousseau. Esse dossiê foi pensado como atividade comemorativa ao terceiro centenário de nascimento de Rousseau (1712-1778). Filósofo, romancista, músico, Rousseau, em suas obras, margeou diversos assuntos. Com profundidade singular, refletiu proficuamente sobre política, educação, religião, música, ética, constituindo-se num dos principais filósofos da modernidade. Ao instalar-se na esteira dos contratualistas, é tido como um dos precursores da política moderna, particularmente pela sua obra Contrato Social. Não somente no campo da política, mas também na educação, Rousseau é considerado o fundador da Pedagogia moderna, conforme atesta Franco Cambi em História da Pedagogia. Entre as principais contribuições de Rousseau para a educação talvez esteja sua inovadora visão da criança. Segundo Gadotti, é com o Emílio de Rousseau que o entendimento sobre criança ultrapassa a premissa de tomá-la como um adulto em miniatura, para compreender a criança como um sujeito singular e portador de características singulares e distintas daquelas dos adultos. Isso foi, a rigor, decisivo para a constituição da Pedagogia moderna, em especial para as teorias do desenvolvimento e da aprendizagem. No campo da teoria do conhecimento, estabelece um debate bastante interessante com a tradição empirista, ao qual propõe um materialismo moderado. Filósofo singular, é um dos maiores expoentes do iluminismo francês, do contratualismo e dos enciclopedistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-07-12

Como Citar

Júnior, J. B. de A., & Danelon, M. (2012). JEAN-JACQUES ROUSSEAU: TREZENTOS ANOS DE UM CAMINHANTE SOLITÁRIO. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 26(51), 17–24. Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/17595

Edição

Seção

Dossiê Jean-Jacques Rousseau