AQUINO, Orlando Fernandez; PUENTES, Roberto Valdéz. Trabalho didático na Universidade: estratégias de formação. Campinas: Alínea, 2011. 146p.

Autores

  • Acir Mário Karwoski Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM.
  • Benedita Kátia de Araújo Santos Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM.

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v27n54a2013-15014

Palavras-chave:

didática, educação superior, formação docente

Resumo

AQUINO, Orlando Fernandez; PUENTES, Roberto Valdéz. Trabalho didático na Universidade: estratégias de formação. Campinas: Alínea, 2011. 146p.

              Um dos mais novos trabalhos publicados pelos professores Orlando Fernández Aquino e Roberto Valdéz Puentes intitula-se Trabalho Didático na Universidade: estratégias de formação e apresenta como proposta a estratégia de trabalho metodológico para formação do docente universitário no contexto do desenvolvimento em serviço. O trabalho metodológico é, segundo os autores, além de um processo dinâmico e complexo, processo que pode ser utilizado com outras finalidades tais como: a gestão estratégica do processo de ensino-aprendizagem-pesquisa e a elevação da qualidade da formação dos futuros profissionais e dos profissionais em serviço.

               [...]

               Na introdução, os autores destacam a importância da atuação docente na Universidade e apresentam a visão atual a respeito da educação superior e suas instituições. Destacam a inserção das instituições de educação superior na sociedade do conhecimento. O esgotamento do paradigma predominante impede de ver o global e o essencial. Em seu lugar, ganha força o conhecimento interdisciplinar e politransdisciplinar; surge um novo paradigma sociocultural, pós-moderno (emergente e complexo) que busca a organização do saber e a democratização do conhecimento por meio de uma reforma do pensamento. Citam ainda o amparo do trabalho metodológico para os processos de gestão universitária; ensino aprendizagem; pesquisa; produção científica e extensão universitária (p.12). Segundo os autores, “sem instituições de educação superior e de pesquisa capazes de formar um corpo crítico de profissionais, qualificado e culto, a sociedade moderna não poderá garantir um desenvolvimento autêntico e sustentável” (p.13).

Data de registro:29/04/2012

Data de aceite:08/02/2013

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Acir Mário Karwoski, Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM.

Graduado em Letras. Mestre em linguística aplicada ao ensino de língua portuguesa. Doutor em letras - estudos linguísticos. Especialista em gestão universitária.

Benedita Kátia de Araújo Santos, Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM.

Graduada em música. Especialista em docência na educação superior pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM.

Referências

AQUINO, Orlando Fernández; PUENTES, Roberto Valdéz. Trabalho didático na universidade: estratégias de formação. Campinas: Alínea, 2011.

CARNOY, Martin. La ventaja académica de Cuba: ¿por qué los estudiantes cubanos rinden más? México: FCE, 2010.

LONGAREZI, Andréa Maturano; PUENTES, Roberto Valdéz. (Org.). Panorama da didática: ensino, prática e pesquisa. Campinas: Papirus, 2011.

Downloads

Publicado

2013-07-16

Como Citar

KARWOSKI, A. M.; SANTOS, B. K. de A. AQUINO, Orlando Fernandez; PUENTES, Roberto Valdéz. Trabalho didático na Universidade: estratégias de formação. Campinas: Alínea, 2011. 146p. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 27, n. 54, p. 765–770, 2013. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v27n54a2013-15014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/15014. Acesso em: 19 jul. 2024.