Filosofia e pedagógica da libertação latinoamericana

Autores

  • Mariano Moreno Villa Pontifícia Universidade de Salamanca - Espanha

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v8n16a1994-1033

Palavras-chave:

Filosofia, Enrique Dussel, Filosofia da Libertação Latinoamericana

Resumo

A Filosofia da Libertação Latinoamericana (FL) é, provavelmente, a mais original contribuição filosófica da América Latina na atualidade. Entre seus maiores representantes destaca-se Enrique Dussel. Nas páginas seguintes proponho-me a analisar criticamente a concepçåo deste filósofo acerca do que ele próprio denomina "pedagógica• da libertação, que é um "nível" concreto da FL especialmente privilegiado por Dussel. O varão da relação erótica (varão mulher) é agora o pai e a mulher a mãe do filho, o "novo" nessa relação. Para nosso filósofo a pedagógica não deve ser confundida com a pedagogia. Esta consiste na ciência da aprendizagem e do ensino; aquela é uma pane da filosofia, que pensa "a relação cara-a-cara" do pai com o filho, do mestre com o discípulo, do filósofo com o não-filósofo, etc. Na pedagógica convergem a erótica e a política; é como uma ponte entre as duas, mas que tem consistência própria. O pai-Estado, dominando a mäecultura, possibilita que esta, encarregada frequentemente de educar o filho na primeira infância, "totalize" o seu filho onde "encontra aí a compensaçåo do varão que a constitui como objeto".

Palavras-chave: Filosofia; Enrique Dussel; Filosofia da Libertação Latinoamericana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariano Moreno Villa, Pontifícia Universidade de Salamanca - Espanha

Professor do Instituto Teológico de Murcia - Pontifícia Universidade de Salamanca.

Downloads

Publicado

2008-11-06

Como Citar

VILLA, M. M. Filosofia e pedagógica da libertação latinoamericana. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 8, n. 16, p. 183–205, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v8n16a1994-1033. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/1033. Acesso em: 1 mar. 2024.