Nietzche

a origem da linguagem

Autores

  • Telma Silveira Mota Lessa da Fonseca Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v8n16a1994-1027

Palavras-chave:

Linguagem, Convenção, Natureza, Finalismo, Instinto

Resumo

O presente texto consiste em parte de um estudo maior voltado para a compreensão da gênese da preocupação de Nietzsche com a linguagem. Será aqui abordado um escrito do período de juventude do autor, que poderia ser classificado como “filológico”. No entanto, reconhece-se aí algumas considerações de teor propriamente filosófico e que ganharão densidade na obra posterior do autor. Buscar-se-á mostrar que as primeiras que, justamente neste grande passo em direção à filosofia, o autor defrontou-se com problemas e impasses que somente uma reflexão especificamente filosófica poderia resolver.

Palavras-chave: Linguagem, Convenção, Natureza, Finalismo, Instinto. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Telma Silveira Mota Lessa da Fonseca, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Mestre em Filosofia pela Universidade de São Paulo – USP e professora do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia.

Downloads

Publicado

2008-11-06

Como Citar

DA FONSECA, T. S. M. L. Nietzche: a origem da linguagem. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 8, n. 16, p. 107–118, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v8n16a1994-1027. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/1027. Acesso em: 3 mar. 2024.