Um modelo medieval de aplicação da lógica à moral

a "Ética" de Pedro Abelardo

Autores

  • Márcio Chaves- Tannús Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Palavras-chave:

Pedro Abelardo, Filosofia Medieval, Lógica e Moral, Ética, Dialética, Renascimento do século XII

Resumo

O conceito de pecado é o conceito central da “Ética” de Pedro Abelardo. Fato que, por si só, é um indicativo suficiente da medida em que essa obra foi marcada pelo local e pela época em que surgiu. Para entender a definição de pecado do autor e o significado e alcance de suas consequências, é necessário, contudo, considerar as técnicas de definição utilizadas por ele, bem como os aspectos temporais e modais de sua definição, pois tanto essas técnicas como tais aspectos assinalam a inequívoca presença da formação e das concepções lógicas de Abelardo. Circunstância que por outro lado, nos autoriza a chamar a atenção para o fato singular de as ligações dessa obra com a tradição ocorrerem de forma predominantemente indireta, uma vez que os caminhos que estabelecem suas conexões com o passado, são de uma natureza sobretudo lógica.

Palavras-chave: Pedro Abelardo; Filosofia Medieval; Lógica e Moral; Ética; Dialética; Renascimento do século XII.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio Chaves- Tannús, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Downloads

Publicado

2008-10-30

Como Citar

CHAVES- TANNÚS, M. Um modelo medieval de aplicação da lógica à moral: a "Ética" de Pedro Abelardo. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 9, n. 17, p. 275, 2008. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/1017. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Resumos de teses e de dissertações